terça-feira, novembro 19, 2019

‪Uma quadra de homenagem ao José Mário Branco, em virtude de uns que lhe celebram vida e obra como se coiso:‬

Cravo vermelho ao peito
‪A celebrarem a Luta‬
‪São todos uns rebeldes
‪Até os filhos da puta‬

Sem comentários: