domingo, setembro 30, 2018

Diz-se que não se deve julgar um livro pela capa. Mas se for um livro daqueles que vem dentro de um saquinho de tule, então estamos irremediavelmente a falar de “literatura” ao nível do conteúdo de um saquinho para os cocós dos cães. Nada contra; antes pelo contrário - é de uma generosidade enorme, da parte dos editores, colocar esta espécie de aviso. Quem dera que todos os atentados “literários” viessem assim, já que têm de vir.

Sem comentários: