quarta-feira, maio 23, 2018

Ron Howard entrega um filme competente, by the book, sem surpresas - o que não é surpresa, tratando-se de Ron Howard. Tudo cumpre: a narrativa (Jonathan e Lawrence Kasdan também não fizeram mais do que cumprir), a temática (também ela expectável), a estética, os gags, o elenco (vão todos benzinho; os papéis também não dão para mais), as piscadelas de olho aos fãs que queriam mesmo muito ver acontecimentos do cânone, até agora apenas referidos, a acontecer. Com a limpeza despachada de um contabilista de óculos que entrega uma imaculada declaração às Finanças, o velho Ron levou a bom porto a missão. Não é um porto onde se encontrarão desvairadas e imprevisíveis noitadas, mas é um lugar onde se pode desfrutar de um salutar entretém. Se a Força está com este filme? Não diria Força, mas um Empurrãozito, pronto. Que o Empurrãozito esteja com o Ron.

#Solo #AStarWarsStory

Sem comentários: