terça-feira, novembro 28, 2017

Portanto, um zé pívias plagia e depois basta-lhe instrumentalizar vítimas, arremessando umas patacas - trocos, para ele - que amealhou com composições alheias, e fica-se assim? Depois venham falar-me de pirataria online e lei da cópia privada e o cacete. Uma esmolinha na palma da mão de um sem-abrigo e toca a fazer downloads sem mossa na consciência. Ou há moralidade ou roubam todos.‬

Sem comentários: