segunda-feira, novembro 13, 2017

Gente que, quando alguém aponta a completa evidência de que uma sarapitola perante visão alheia é diferente de uma violação, responde dizendo "ai agora hierarquizam-se abusos?!" - gente, tendes de ser fortes: é óbvio que se hierarquizam abusos. É. Óbvio. É assim que a justiça funciona. Bater uma sarapitola é diferente de violar. Dizer o contrário é um desrespeito completo e vergonhoso às vítimas de violação.

Sem comentários: