segunda-feira, julho 17, 2017

A ideia de que qualquer opinião tem de ser respeitada é, cada vez mais, trazida à baila para legitimar muita parvoeira braba que se diz com propriedade. "É a minha opinião e tens de respeitá-la." Não, peeps. Se a vossa opinião é de que a Terra é plana, p.e., não tem de ser respeitada. Tão pouco debatida. Não há espaço para o debate quando se trata de factos. Factos não jogam na mesma liga das opiniões. O que se deve fazer à opinião de que a Terra é plana é oferecê-la em sacrifício ao Grande Deus Anta da Estupidez Galopante.
"Há que respeitar as opiniões de todos". Não, peeps. Se a opinião de um indivíduo é, p.e., que se deve discriminar alguém por causa do seu credo, orientação sexual, ou etnia, não tem de ser respeitada. O máximo que um Ogre Opinante de dislates desse calibre poderá ambicionar é que lhe desejem boa viagem até à Terra Maravilhosa do E Se Fosses Comer Um Alguidar de Cocó.
Voltámos a idade d'"o respeitinho é muito bonito". Não, peeps. Uma coisa curiosa acerca do respeito é que, para ser respeitada, uma pessoa tem, primeiro, de se dar ao respeito.

Sem comentários: