quinta-feira, novembro 17, 2016

No meu "e enquanto espero que me arranjem o esquentador penso em como será a vida depois do sol explodir", 2015.

Sem comentários: