quinta-feira, outubro 13, 2016

"Está lá, Bob? Fala da Svenska Akademien, man. Olha, estávamos aqui a ver: por acaso não tens letras de canções que nunca tenhas gravado? Umas que possas publicar num livro de poemas? É que estávamos a pensar entregar-te o Nobel da Literatura, mas se não tiveres nada publicado exclusivamente em livro, vai haver pessoal que se vai passar bué, um chinfrim do catano como aconteceu quando foi o Dario Fo a ganhar, e na altura não havia redes sociais em barda como agora, por isso imagina o salsifré...! Eh pá, e sinceramente não estamos para aturar essas macacadas, man. Publicas o livro e depois descansa que há-de haver malta que vai pegar nesses poemas e vai musicá-los, que é o que está bué na moda fazer com a poesia. Tem é de ser poesia de livro, 'tás a ver, se for poesia que venha da música já não pode ser musicada, percebes? O chamado Paradoxo do Pingarelho. Não percebes? Pois, nós aqui também não, mas o que é que queres, há gente nhónhó que só está bem é a estragar. Já 'tou a ver o filme: vai haver gente a dizer "Ah e tal, se o Bob pode ganhar o Nobel da Literatura, então o Muarakami também pode ganhar o Nobel da Física". Ya, man, eu sei que não tem nada a ver, mas o pessoal fica bué ressabiado por se estar a mexer nas porcelanas da literatura e entra numa bué totó, 'tás a ver? Ah, olha, e sabes o que é que dava uma jeitaça? Era se os poemas não rimassem. Isso é que era tabaco, man. Porque a malta não curte poemas que rimam, porque a rima é uma regra, e a malta é bueda rebelde e não curte regras, e vai daí criou-se esta regra que é de não ter rimas, 'tás a perceber? Não? Ya, nós também não, é uma cena do caraças...! Olha, fazemos assim: a gente vai dar-te o Nobel e siga, os ressabiados que se aguentem à bronca, caguei d'alto. Boa? O quê? O Lobo Antunes? O Lobo Antunes está na boa contigo, o stress dele é com o Saramago e com o Pessoa, que já estão os dois mortos, por isso é tranquilo. S'a foda, Bob. Anda receber o Nobel, tu recebes bem. Se houver gente a stressar, que s'a foda."

Sem comentários: