segunda-feira, julho 04, 2016


in "The Epizootic", Kurt Vonnegut

Sem comentários: