quarta-feira, junho 29, 2016

Istambul.
A barbárie avança.

Sem comentários: