sexta-feira, junho 24, 2016

CM (Conceituada Marca)

Tenho sempre interesse em saber quem são os autores de grandes obras da Humanidade, como por exemplo, o "Ecce Homo"; não tanto o original de Elías García Martínez, do séc. XIX, mas o mash up que a octogenária Cecilia Giménez fez em 2012 do Cristo de Borja com águarrás e robialáques.
Por isso, não posso deixar de indagar: quem foi o responsável por isto? Quem foi a mente desbravadora que resolveu destacar o facto de que "o microfone era de conceituada marca"? Com que artístico propósito? Terá pensado que os leitores vão ficar mais indignados com o arremesso de Cristiano Ronaldo porque o microfone era de conceituada marca? Se fosse de assim-assim marca, era menos grave? "Eisssh, vê lá tu que o microfone não era de remediada marca, nem sequer era de comedida marca... era de conceituada marca! Como é que é possível, arremessar para dentro do lago um microfone de conceituada marca? Que vergonha!"
A quem se pode atribuir esta pérola? Nada que não fosse esperado, vindo do seio desta casa-mãe. Ou não fossem CM as iniciais de Conceituada Marca.


Sem comentários: