sexta-feira, novembro 20, 2015

Sinto-me muito agradecido por ter escapado de ser o Malato, em virtude de não ter nascido o Malato.

Sem comentários: