sábado, novembro 21, 2015

Crónica minha na revista Somos Livros.
Aproveito para esclarecer: não sigo o desacordo ortográfico, e só agora vi que, no meu texto, aparecem aberrações como "infrator" e "inseto". Parece ser política da revista seguir o desacordo e esqueceram-se de me avisar - teria, obviamente, recusado. Fica a nota.

Sem comentários: