terça-feira, outubro 06, 2015

Pertenço a um género de portugueses
Que depois de estar a Índia descoberta
Ficaram sem trabalho. A morte é certa.
Tenho pensado nisto muitas vezes.

- Álvaro de Campos,
lembrado, e bem, pelo Miguel Martins

Sem comentários: