quinta-feira, outubro 22, 2015

O discurso de Cavaco foi a maior apologia à abstenção que podia haver.

Sem comentários: