segunda-feira, abril 27, 2015

O Topolegui que tome um xanaxzinho; se o JJ nem português consegue falar em termos, era agora no nomezinho do Lolopegui que se ia ter de superar?

Mas adultos, quais? Aqueles com um atraso mental, certo?

Cavaco Silva fala sobre as "comemoraçães" do 25 de Abril.

http://www.rtp.pt/play/p902/e192934/outra-coisa

domingo, abril 26, 2015

A importância da raiva.
Brilhante.

"Maria, isto das revoluçães já me está a dar comichãos."

sábado, abril 25, 2015

Hoje!

Hoje de manhã, Cavaco levantou-se e pensou: "Raisparta, é sempre dia de qualquer coisa".

Fascismo nunca maAaaaaaHahahahAhahAHAHAH, não consigo dizer isto sem me rir.

terça-feira, abril 21, 2015

Vou jantar tripas à moda do Bayern. Receita: pegam-se em tripas à moda do Porto, atiram-se para o chão, espezinham-se, e estão prontas a servir.

Andei o dia todo a ouvir dizer que o Porto jogava hoje. Afinal era tanga.

quinta-feira, abril 16, 2015

segunda-feira, abril 13, 2015

"Sou do Demolidor desde menino."
Jorge Coelho dixit e eu assino por baixo.

Marcelo Rebelo de Sousa e as presidenciais.

http://www.rtp.pt/play/p902/e191281/outra-coisa

Ontem no Anicomics

Aí vêm os idiotas que, lá porque nunca ouviram falar em Günter Grass na vida, acham que mais ninguém pode conhecê-lo.

Sei que isto pode parecer chocante, mas não há nenhuma lei mundial que obrigue a fazer piadas com herpes a propósito do dia do beijo.

sexta-feira, abril 10, 2015

A Favola da Medusa: excerto da nossa actuação de ontem, A Menina Zorita

Sigam-nos aqui.

Do baú

Cebola Mol com Maria João e Mário Laginha, 2004.

O meu candidato a Belém, o resto é conversa.
(e não me venham com a conversa de que já morreu, isso nunca impediu ninguém)

quarta-feira, abril 08, 2015

AniComics Lisboa 2015

http://kingpinbooks.net/AniComics2015/index.html
É já este fim-de-semana, a 6.ª edição do ANICOMICS, na Biblioteca Orlando Ribeiro. 11 e 12 de Abril vão ser dias recheados de debates, cosplay, concertos, workshops, jogos, lançamentos e exposições. Domingo, às 15h15, também vou lá estar, no painel "A febre dos Funko POP - Caminhos cruzados da cultura POP, da BD à animação, cinema e TV", junto com o Cristiano Viola e o Filipe Jesus, e com moderação do Mário Miguel De Freitas, a quem agradeço o gentil convite. Já sabem: este fim-de-semana, todos os caminhos vão dar ao ANICOMICS.
Visitem o site oficial.

terça-feira, abril 07, 2015

Mete mais alto #446

Thelonious Monk e Dizzy Gillespie juntos em Copenhaga, 1971.

Mete mais alto #445

Triptykon, "Aurorae". Video realizado por Philipp Hirsch.

"A human being should be able to change a diaper, plan an invasion, butcher a hog, conn a ship, design a building, write a sonnet, balance accounts, build a wall, set a bone, comfort the dying, take orders, give orders, cooperate, act alone, solve equations, analyze a new problem, pitch manure, program a computer, cook a tasty meal, fight efficiently, die gallantly. Specialization is for insects."



- Robert A. Heinlein, Time Enough For Love, 1973

Amanhã, 8h25 nas Manhãs da 3, Portas fala sobre a corrida a Belém e o ADN de Nuno Magalhães.

Portas diz que não está "nem aí" para a corrida a Belém.

Entrevista à Dra. Lambona Smith, vítima de uma variante incomum da já de si rara doença de Pica.

http://www.rtp.pt/play/p902/e190579/outra-coisa
Ouvir aqui.

Se fosse com o Portas, nem com cinquenta testes de ADN se acreditava.

A esta hora está o Nuno Magalhães a pensar "mas porque é que eu não sou como o Portas?"

Qual é o problema do Nuno Magalhães não reconhecer o filho? É um favor que lhe faz. Quem quer ser filho do Nuno Magalhães? Chiça.

sexta-feira, abril 03, 2015

Vi logo que isto ia dar parolada, quando ontem havia jornalistas no FB com a patareca aos saltos porque iam falar com o Malkovich.

Para os media portugueses, o funeral de Manoel de Oliveira foi muito isto:


Novas fotos

do concerto de 666.ª feira, 13 de Março. Vejam ou revejam o álbum, aqui.

https://www.facebook.com/media/set/?set=a.653821424764301.1073741830.623031514509959&type=1

Hoje, a chamada sexta-feira santa, a Outra Coisa completou 666 episódios.
Ouçam o de hoje: Alberto João Jardim comenta as eleições na Madeira.

https://www.facebook.com/filipehomemfonseca/photos/a.1468292486745713.1073741828.1468290423412586/1590373031204324/?type=1&theater

A que horas abrem as apostas? Quero meter 20 euros em como o Barreto Xavier nunca viu um filme do Manoel de Oliveira até ao fim.

O que é o funeral de Manoel de Oliveira, comparado com a informação de que Malkovich vai jantar à Bica do Sapato? ‪#‎ossaloiostêmassuasprioridades‬

Julguei as TV's estavam a emitir imagens do funeral de Manoel de Oliveira mas afinal é a cobertura do Malkovich em Lisboa. ‪#‎saloiospower‬

quinta-feira, abril 02, 2015

Quero que a polícia dos RIP's se foda.

Viveu.

Com obras da Joana Vasconcelos mesmo a pedi-las e vão destruir explosivos para uma pedreira em Sesimbra.

Há campos de treino na Síria com explosões mais controladas do que a da pedreira em Sesimbra.

quarta-feira, abril 01, 2015

Se é esta a ideia que fazem de uma 'explosão controlada', estão no ponto para se juntarem ao ISIS.

#‎Sesimbra‬

Se uma explosão em ‪Sesimbra‬ se sente da Península de Setúbal até Lisboa, não quero cá estar um dia que o Fernando Mendes escorregue e caia.

O mês da Revolução começa com um dia das Mentiras. Dá que pensar.

Passos Coelho no Dia das Mentiras - aqui.

http://www.rtp.pt/play/p902/e189998/outra-coisa

Para que celebrem essa maioria absoluta.

Sonhei que queria ir ver a Taylor Swift a Las Vegas. Fiz um crowdfunding e lá consegui sacar um bilhete, sei que fui de comboio.
Quando cheguei, o concerto tinha sido cancelado porque a Taylor Swift queria ver o episódio perdido dos Marretas que ia ser exibido pela primeira vez. Sentei-me ao lado dela com um saco de tabaibos, ofereci-lhe, ela não aceitou, deitei o saco fora porque no sonho eu não gostava de tabaibos.
A emissão foi interrompida por um directo sobre as eleições regionais da Madeira, a Taylor Swift levantou-se, saiu da sala e regressou pouco depois com uma t-shirt de um unicórnio com a cara do Alberto João Jardim. Perguntei-lhe onde tinha comprado aquela t-shirt e ela cantou dois versos d'"A Mula da Cooperativa" em inglês, acompanhada por um coro de soldados de plástico verde, muito pequenos mas com vozes de barítono.
No final, a Taylor Swift despachou dois ou três soldados com um mata-moscas e deu em comer tabaibos de um crânio de macaco, igualzinho àqueles do "Indiana Jones e o Templo Perdido". Mal começou o genérico do "Gente Fina É Outra Coisa", tirei o som da televisão. Estávamos a ver a RTP Memória e nem sinais do episódio perdido dos Marretas, cancelara-se um espectáculo para nada.
A Taylor Swift embarcou no jacto particular dela, acenou-me um até logo, a porta fechou-se, não fiquei para vê-la levantar voo. Acordei com a notícia de que o PSD perdera a maioria absoluta na Madeira, fui a tempo de ligar para um 760 dos programas da tarde, não tive sorte nenhuma.
Evitei ouvir o "Shake It Off" durante o dia, comi dois tabaibos.