terça-feira, dezembro 09, 2014

Salgado não estremece. São muitos anos a virar faisões.

Sem comentários: