quinta-feira, dezembro 25, 2014

O Natal tem esta qualidade merdosa de transformar o mais comum dos mortais num fala-barato da auto-estima tipo Gustavo Santos.

Sem comentários: