terça-feira, outubro 28, 2014

Não há vacas sagradas.

Sem comentários: