domingo, outubro 26, 2014

A única coisa estranha nisto de perder uma hora é não ter sido o governo a tirá-la.

Sem comentários: