terça-feira, setembro 30, 2014

Benoit Lapray

da série The Quest for Absolute

Diz que é oficial: o ébola chegou hoje aos EUA. Só hoje? Que eu saiba, o Kanye West já lança discos há que tempos.

Gabriele Dell'Otto























Poison Ivy

(click para aumentar)

Outra Coisa de hoje: a Silly Season foi finalmente de férias.

segunda-feira, setembro 29, 2014

Mete mais alto #425

TAME IMPALA - ELEPHANT

Alô, Porto!

O Rui Xará convidou-me para actuar com ele nas seguintes datas:
2 Outubro - 22h30 - Hot Five Jazz & Blues Club (Porto)
3 de Outubro 23h00 - Tertúlia Castelense (Maia)
4 Outubro - 23h00 - Beer Place (São João da Madeira)
Sempre que actuei no Porto foram noites memoráveis. Estas não vão ser excepção. Conto convosco.

‪Outra Coisa‬ de hoje, com o Outro Comentário do professor Marcelo acerca das primárias do PS.

Mete mais alto #424

SANTIGOLD - DISPARATE YOUTH

Estes gauleses são loucos.

Emma Watson


Fotografia de Mariano Vivanco

FB de Emma Watson

Discurso de Emma Watson nas Nações Unidas

Daqui a pouco, na Outra Coisa, o Outro Comentário do Professor Marcelo. Enquanto não são 8h20, ouçam aqui a emissão de sexta-feira, com Mário Soares.

sexta-feira, setembro 26, 2014


Pela janela, por entre as cortinas que esvoaçam com os primeiros ventos de Outono, consegue perceber-se o Sadhu de Alfama. Mantém a Surya Yantrasana, a Pose do Compasso, e avalia em voz alta para que toda a vizinhança o possa escutar.

        - Uma das características mais importantes num Governo é a vergonha. Quando ela se perde, é todo um mundo que se desfaz, folhas caídas de árvores ferrugentas.

Trôpego no meio da estrada, indiferente ao buzinão daqueles a quem empata a vida, um bêbado pré-almoço solta um arroto:

        - Amén.




(Tirei esta fotografia em Varanasi, Índia, a 9 de Agosto do ano passado)


A tecnologia é uma coisa fantástica e o engenho humano não pode nunca deixar de ser louvado. O iPhone agora tem uma app nova que faz com que o telemóvel deixe de ser um telemóvel. Depois ainda há quem duvide que o Homem tenha mesmo ido à lua.

quinta-feira, setembro 25, 2014

E de Belém, nada?

Magia! Fantasia! Cor! O Inenarrável Número de Desaparecimento do Professor Salsichambo!

Não consigo. Maldito sejas.

Mete mais alto #423

Kraftwerk, Estocolmo, 22 Janeiro 2014

O ébola tem um rosto.


Que a Força esteja contigo


Mark Hamill completa hoje 63 anos.

Christopher Reeve faria hoje 62 anos.

Omeletes sem ovos.

Da PGR ainda não disseram nada porque estão de volta disto.


O pior de tudo é que agora não se consegue tomar um pequeno-almoço de salsichas com ovos sem pensar naquilo.

quarta-feira, setembro 24, 2014

Se é preciso vender o Novo Banco até ao fim do ano, porque quanto mais tempo passa, mais valor ele perde, então o slogan não devia ser "Um bom começo", mas sim "Começámos bem mas a partir daqui é sempre a descer".

A grande novidade desta Casa dos Segredos é que há um concorrente que não se lembra se tem segredo e pediu que fosse a Procuradoria-Geral da República a descobrir se o tem ou não.

Quem está a esfregar as mãos é Paulo Portas. Se Passos cai, cai também o vice do título de Portas, e lá passa a primeiro-ministro. Portugal, terra das oportunidades.

Caso Tecnoforma: Al Capone foi detido por sonegação fiscal. Parece-me apropriado.

Hoje na Outra Coisa, o Caso Tecnoforma.

Regresso às aulas


(repost)

Assistir a Costa x Seguro é como ver um combate de UFC desequilibrado, sabemos que há um deles que se vai magoar muito mas não conseguimos ter pena.

terça-feira, setembro 23, 2014

Celebridades aflitas com a possibilidade de divulgação de fotos onde aparecem nuas, no entanto o Seguro divulgou o video de campanha de livre vontade.


Outra Coisa de hoje: Passos, Portas e a salsicha educativa.

Gordon Ramsay está descontente com a salsicha educativa.

Para alguns, mito urbano.

Salsicha educativa sem couve lombarda leva falta de material.

Vou comer um folhado de salsicha educativa.

O riso é contagiante, excepto quando é expresso através de kkkk, kakakaka, ou rsrsrsrs. Nesses casos, tem o condão de acabar com o riso dos outros.

Se eu tivesse uma cadeia de cachorros-quentes, lançava um Hot Dog Educativo.

Passos Coelho não é o único a dar-nos música com salsichas.

Obrigado, Carmen Vasconcelos, pela chamada de atenção para esta pérola da charcutaria musical.

HeForShe

Finalmente, alguém disse o que tinha de ser dito, da melhor maneira e no local mais apropriado. Cabe-nos honrar estas palavras e este propósito.
(ouçam tudo até ao fim, já ouvi pessoas a elogiar este discurso ao mesmo tempo que afirmam pontos-chave contrários ao que nele é dito, mostrando assim que não o escutaram, mas resolveram dizer que sim porque ficava bem)
  #HeForShe

Para ler: discurso em versão escrita, aqui.

Birra cósmica

Eu se fosse o Plutão agora dizia que já não queria.

segunda-feira, setembro 22, 2014

A salsicha educativa

Isto da salsicha educativa não é novo. No Breviário Biltre, há quase um ano, já a tinhamos previsto. Vejam aqui, a partir dos 2m48s.

Depois desta analogia com salsichas na educação, é de esperar ouvir falar de dildos em relação à austeridade.

Dedicado a Passos Coelho.

Portanto, na educação temos salsichas. E na justiça, é o quê? Alheiras? Afinal, o Citius está entupido mas é de colesterol.

Metade de Lisboa está submersa. Se António Costa permite que Lisboa afunde, como acreditar que não fará o mesmo ao país?

Portas propõe deixar a salsicha de lado e aumentar a morcela educativa.

Amanhã na Outra Coisa, Passos Coelho e Paulo Portas discutem o tamanho da salsicha educativa. 8h25, Antena 3.

Ficamos a saber por Passos que Crato tem uma salsicha pequena mas trabalhadeira.

Passos diz que "aumentar a salsicha educativa não é o mesmo que qualidade educativa". Isto é uma variante do "o tamanho não interessa, tem é que ser uma salsicha trabalhadeira".

A salsicha educativa de que fala Passos Coelho não é nada quando comparada com a enorme morcela que andam a impingir aos cidadãos pelo orifício errado.

Educação. Cultura.

Joshua Middleton

Poison Ivy

Em Tóquio.

domingo, setembro 21, 2014

Ia ver a Casa dos Segerdos mas depois passei por um livro.

Viva Las Madraças!

É com uma lágrima de emoção que constato: Los Madraços, o dueto constituído por mim e pelo Vasco Duarte, tem agora tantos videos originais no You Tube quanto videos de homenagem. Isto porque se deu a génese de Las Madraças, Carina Carrilho e Inês Borges, num bonito tributo ao nosso tema "Piquenicão (Eu quero ver o Tony Carreira)". Obrigado, garotas: Los Madraços aqui vos deixam a vénia.

Grave é perceber que, por entre falhas no Citius, no SIRIC, e na fórmula de colocação de professores, a estreia hoje da Casa dos Segredos é um mal menor.

sexta-feira, setembro 19, 2014

Três coisas que estão a dar bronca na Justiça: o Citius, o SIRIC, e a app que permite a demissão de Paula Teixeira da Cruz. É mais fácil apagar os U2 do iPhone do que a ministra do ministério.

Mete mais alto #422

A memória é curta. U2 - NUMB

Agora eu desenhava um cartoon de um kilt pendurado por duas molas a secar num estendal, ainda a pingar água, e fazia um brilharete.

A grande vantagem do desafio da lista de livros marcantes é que quando vemos alguém que assinalou um do Paulo Coelho, sabemos que é para desamigar imediatamente.

Mete mais alto #421

Black Sabbath, Paris, 1970

Não se queixem da chuva. Pelo menos acabou-se a praga dos sunsets.

A parte boa da onda de revolta sobre os U2 é perceber que um dia os Coldplay vão ter o que merecem.

Ainda não tinha visto o video da campanha do Seguro.

É, à partida, uma daquelas coisas que apetece adiar para sempre, tipo ébola. Li algumas linhas que foram escritas sobre ele, notas lacónicas, não há muito que se possa dizer sobre horrores inomináveis ou vergonhas alheias a partir de um certo grau.

Resisti até à última, ainda trazia fresca na memória a imagem de Seguro a discursar algures, incitando os super-estômagos que o escutavam a responder-lhe mais alto a uma pergunta que se diria retórica, qual Ana Malhoa - que o faz de forma incomparavelmente mais elegante - dizendo ao público

     - Quero ouvir!

entre um "Sinto-me Sexy" e um "'Tá Turbinada".

Acabei por ceder, como quem desacelera o carro ao passar pelo local de um acidente. E vi aquilo.

Nenhum mortal deveria ser obrigado a ver aquele video. Seria de ir às lágrimas com riso se não fosse comprovativo de um ridículo que se assume como alternativa ao ridículo vigente. Tem de haver mais do que aquilo. A um país que andou a dar Novos Mundos ao Mundo, não pode agora só restar isto. Quero acreditar que não.

Tenho para mim que, entre o surgimento da ideia, até ao momento em que, depois de pronto, o video foi posto à solta, morreram centenas de focas bebé, sem explicação aparente. Se ao menos ligassem os pontos, iam perceber que foi este video. Tanta carga de ridículo é, em si, um super-poder, capaz de perturbar o equilíbrio cósmico ao nível das focas bebé.

Percebi que tinha de desabafar, dar largas à torrente de pensamentos, sentimentos, aflições que me assolaram durante e depois do visionamento. Jurei que não seria tão lacónico quanto todas as pessoas que vi referirem-se à peça. E decidi abrir as comportas e deixar fluir todas as palavras que tenho para classificar aquele video.
Aqui vão elas:
F#d@-$€.

El Aquelarre

(click para aumentar)

Francisco de Goya
El Aquelarre, ou El Gran Cabrón, uma das Pinturas Negras (1819-1823) que decoravam os muros da Quinta del Sordo.
Actualmente está no Museu do Prado.

quinta-feira, setembro 18, 2014

Prefiro uma Apple com os U2 do que um governo com Teixeira da Cruz, Crato, Barreto Xavier, Passos, Portas, Mota Soares, etc., etc., etc.

Cada vez vejo mais semelhanças entre o governo e o iOS 8. Para instalar os quase 5 gigas no iPhone, houve gente que teve de apagar toda a vida que lá tinha gravada. Nada que este governo não nos tenha vindo a obrigar a fazer.

Mete mais alto #420

Novo tema de Sleep, lançado em Julho.

Estreia dia 9 de Outubro, a nova peça escrita pelo Eduardo e por mim.

Vocês não vão querer perder isto, acreditem.(click para aumentar)

Se este governo fosse um sistema operativo, seria o iOS 8: está cheio de bugs e ocupa muito espaço.

Citius mais um mês com problemas; fórmula da colocação dos professores não funciona. A única competência deste governo parece mesmo ser a austeridade.

Quando instalei o último dos iOS 7, fiquei sem WiFi. Agora, receio que instalando o iOS 8 fique sem bateria. Ai, não, espera - ISSO NUNCA TENHO!

Mete mais alto #419

Vale sempre a pena estar acordado a esta hora para vos ouvir fazer Outra Coisa. Ou mesmo estar acordado para sacar o podcast (não subestimemos a necessidade de estar acordado para sacar o podcast). É delicioso ver como reagem aos textos, muito do gosto em escrever isto é ouvir-vos depois a pagodeá-los. Luís Franco-Bastos, andamos a dar conta disto há quê?, dois anos e três meses? Parece que foi há apenas um ano e onze meses, incrível. Diogo Beja, se o Luís é a alma da Outra Coisa, tu és o penteado da Outra Coisa. E tu, Jorge Botas, és o John Cena da Outra Coisa, que eu sei que gostas desses espectáculos de wrestling em que os homens suam e lutam agarrados. Joana Marques, contigo o Pequeno Saul não faz farinha. Venham mais dois anos e três meses.
(isto não é lamechice, é falta de açúcar)

quarta-feira, setembro 17, 2014

Da introdução do boletim de voto na urna:

Link

Dos unicórnios

A Terra é um planeta onde um cavalo com um chifre na cabeça ganhou a reputação de fofinho.

terça-feira, setembro 16, 2014

Sejam benfiquistas ou sportinguistas, é comovente ver o grau de rabetice lamechas que os adeptos atingem quando se deitam a discorrer sobre a beleza do futebol, o orgulho em ser desta ou daquela equipa. De lagrimita ao canto do olho, até os hooligans mais renhidos têm os seus momentos de hippie da bola, tão depressa partem uma garrafa na cabeça do tipo do clube adversário, como distribuem 'free hugs' pelos companheiros de torcida. Águias, leōes, dragões: tudo muito bonito. Mas o unicórnio - aposto que cor-de-rosa - é o bicharoco-símbolo comum a todos os clubes. Que belezura.

Swag.

Gustave Doré

(click para aumentar)

Mete mais alto #418

GREENLEAF - SLEEP PARALYSIS

segunda-feira, setembro 15, 2014

Lopognoff

Outra Coisa de hoje: Sócrates comenta as mudanças no Novo Banco. Dos textos que mais gozo me deu a escrever. E, como sempre, mais gozo ainda a escutar. Ouçam aqui.

Mete mais alto #417

Remember Reverence #16THE BLACK ANGELS - EVIL THINGS

Mete mais alto #416

Remember Reverence #15
O Feiticeiro Eléctrico foi senhor da noite.ELECTRIC WIZARD - FUNERALOPOLIS

Mete mais alto #415

Remember Reverence #14ELECTRIC WIZARD - DOPETHRONE

Mete mais alto #414

Remember Reverence #13
O mundo divide-se entre aqueles que estiveram este fim de semana no Reverence e os que não estiveram. Melhor festival de sempre. Parabéns, Nick Allport. Venham mais.ELECTRIC WIZARD - THE OUTSIDER

Mete mais alto #413

Remember Reverence #12ELECTRIC WIZARD - WITCHCULT TODAY

Mete mais alto #412

Remember Reverence #11

Mete mais alto #411

Remember Reverence #10ELECTRIC WIZARD - THE SUN HAS TURNED TO BLACK

Mete mais alto #410

Remember Reverence #9ELECTRIC WIZARD - RETURN TRIP

Mete mais alto #409

Remember Reverence #8ELECTRIC WIZARD - SATANIC RITES OF DRUGULA

Mete mais alto #408

Remember Reverence #7ELECTRIC WIZARD - BLACK MASS

Mete mais alto #407

Remember Reverence #6SLEEPY SUN - MAUI TEARS

Mete mais alto #406

Remember Reverence #510 000 RUSSOS - SPARTAK HUNGER

Mete mais alto #405

Remember Reverence #4GRAVEYARD - UNGRATEFUL ARE THE DEAD

Mete mais alto #404

Remember Reverence #3HAWKWIND - UNCLE SAM'S ON MARS

Mete mais alto #403

Remember Reverence #2PSYCHIC TV - GODSTAR

Mete mais alto #402

Remember Reverence #1SPINDRIFTER - DRIFTER'S PASS

quinta-feira, setembro 11, 2014

Mete mais alto #401

Contagem decrescente para o Reverence #4THE BLACK ANGELS - DON'T PLAY WITH GUNS

Que. Video. Brutal.

Quem é o Paulo Bento?

Vai ser único. Vai ser mágico. Vai ser dia 27.























Bilhetes aqui.

Mete mais alto #400

Hoje, 11 de Setembro, assinala-se o aniversário de uma das maiores tragédias da História.
Falo obviamente do lançamento do nosso álbum de Cebola Mol, ANDROID POLAROID, em 2003.

Mete mais alto #399

Contagem decrescente para o Reverence #3 ELECTRIC WIZZARD - FUNERALOPOLIS

Moedas comissário europeu para a Ciência, Tecnologia e Inovação. iWatch o catano,vamos voltar a telefonar com duas latas unidas por um cordel. Ou sinais de fumo (usando as tais lascas de sílex).

Mete mais alto #398

Contagem decrescente para o Reverence #2ELECTRIC WIZARD - SADIOWITCH

quarta-feira, setembro 10, 2014

Moedas comissário europeu para a Ciência, Tecnologia e Inovação. Voltaremos a fazer fogo raspando duas lascas de sílex.

Mete mais alto #397

Contagem decrescente para o Reverence #1THE BLACK ANGELS - ENTRANCE SONG

terça-feira, setembro 09, 2014


















As escutas telefónicas feitas a José Sócrates no âmbito do caso Face Oculta foram finalmente destruídas, mas não da forma que anda a ser anunciada. Ficou tudo em pratos limpos, esta manhã na Outra Coisa.

Ouvido agora mesmo num café, o empregado (+/-50 anos) para uma senhora (nos setentas). Isto é 100% verdade, não acrescentei uma palavra:

     - Eu, se tivesse uma filha como a sua, não precisava de ginásio, era ali sempre a bombar. Metia-me em cima dela e eram cem flexões, bumba, bumba.

E respondeu a senhora

     - O meu marido está como você,

e eu aqui estaquei, mas a senhora continuou:

- também está a ficar careca. - estendeu a mão com uma nota de cinco, para pagar a despesa - Toma lá, ó jeitoso.

Jean Carreira - Não Sofras Pai

E ele aqui está, o video que realizei para o novo tema do Jean Carreira.
Força, Jean: um pé à frente do outro, que para a frente é que é o caminho. E tem calma com o tabaco.
Vejam e ouçam com o som no máximo, ecrã a cheio, resolução a 1080.
#RespeitemoJean

Mais info aqui.

segunda-feira, setembro 08, 2014

Jean Carreira: novo tema, novo teledisco

Conheci o Jean Carreira no Sábado à Luta, assisti ao testemunho do filho perdido de um pai famoso. Tudo aquilo foi de tal maneira comovente que, quando fiz com o Vasco Duarte e o Rui Sinel de Cordes o espectáculo Os Inocentes, não hesitámos em contactar o Jean para partilhar o palco connosco. Uma experiência gravada no coração de cada um de nós.

Na semana passada, o Jean ligou-me do telemóvel de um amigo, visto que não possui um, e propôs pagar-me uma refeição de peixe com pão e um copo de vinho Galitos em troca de captar dele algumas imagens para a sua nova música. Foi com todo o gosto que estendi a mão a esta alma pura como não conheço outra, e realizei o videoclip de "Não sofras pai", um tema pungente, cravejado da generosidade ímpar de alguém que coloca a família em primeiro lugar, em segundo, e em quarto.

Depois das gravações, comemos o peixe, e deitámos abaixo um pacote de Galitos tinto. O Jean não bebeu e eu não o deixei pagar.

É com uma lágrima mal-disfarçada que tenho o prazer de anunciar: o resultado do nosso trabalho vai estrear online quando menos estiverem à espera, na página oficial do Jean Carreira.

Obrigado, Jean. Foi uma viagem. Continuará a ser, a jornada nunca acaba.

Respeitem o Jean.

Filipe Homem Fonseca
Cova do Vapor, 2014

domingo, setembro 07, 2014

Vê-se o anúncio do Factor X e percebe-se que a Sónia Tavares fez um ice bucket challenge com um balde de tinta.

Anda tudo muito preocupado porque houve 105 mil candidatos à Casa dos Segredos. Mas esquecem-se que dos 42 mil que se candidataram ao Ensino Superior há uma grande percentagem que vai acabar em tunas.

sexta-feira, setembro 05, 2014

O Sr. António, aqui da loja de tintas, confessou-se desolado, querem comprar-lhe baldes

     - Por causa desta moda agora, julguei que tinha acabado.

Insistem nos banhos públicos, esfriou o entusiasmo mas há sempre retardatários,

     - E eu estou sem baldes.

tanto altruísmo esgotou-lhe o stock e o Sr. António, adepto das novas tecnologias, nem chegou a fazer um video.
Pondera despejar um balde de tinta acrílica

     - Azul-marinho, faz a vez de água.

pela cabeça abaixo, só que não é a mesma coisa, com tinta não se ajuda ninguém.

quinta-feira, setembro 04, 2014

Perdeu. Perdemo-la. Pena imensa.

Steve Ditko

Publicidade japonesa. C.C.Lemon da Suntory. Provavelmente o melhor video que vão ver esta semana. Para não dizer este ano.

Nas nuvens

Hoje de manhã, a propósito das fotografias de Jennifer Lawrence e Kate Upton todas 'escacadas, Paulo Portas falou acerca das diferenças entre a Cloud Boa e a Cloud Má. Ouçam aqui.

6 anos de MARTYRS

Completaram-se ontem seis anos desde o lançamento de um dos melhores filmes de terror - um dos melhores filmes, ponto - a que já tive oportunidade de assistir. Vi-o no MOTELx de 2009 e na altura escrevi este texto a propósito.
Se ainda não viram MARTYRS, apressem-se.

Deixo-vos aqui mais um excerto de algo que ando a escrever e que não sei se algum dia verá a luz do dia. Quem sabe.

"Eu tenho medo de tudo. Tenho medo de ganhar certezas sobre questões que nem sequer deviam ser colocadas. Como a inevitabilidade de haver gente que morre a quilómetros de distância e aqui ao nosso lado. Habituámo-nos a achar que a morte é uma coisa normal, só porque é inevitável. Tenho medo que outras coisas inevitáveis se tornem normais e que por isso nada seja feito para evitá-las. A cobardia, a ganância, a violência, o egoísmo, a traição, a ignorância, tenho medo de tudo o que é inevitável e conduz à inércia."

Mete mais alto #396


This Will Destroy You
Young Mountain
EP
2005

O maluco aqui do bairro veio ter comigo, pediu-me encarecidamente

     - Leve-me à Praia do Torel.

Tive de explicar-lhe, coração nas mãos, que a dita praia só funcionou em Agosto. Respondeu-me

     - Eu sei

por isso de certeza que a água da fonte

     - Ou piscina ou lá o que é aquilo

está mais desanuviada.
A partir de hoje, vou perguntar-lhe sempre as horas para acertar o meu relógio.

Mais do que um Batman v Superman gostava de ver um Putin v Barroso.
All in no Putin.

A propósito das fotos de Jennifer Lawrence nua, chamaram-me a atenção para o facto da decoração da casa dela ser uma lástima. Quero aqui deixar bem patente que não reparei na casa. Senti que dar atenção a esses pormenores era estar a entrar demasiado na intimidade da Jennifer.

8h20, Antena 3

Amanhã, na Outra Coisa, Paulo Portas explica as diferenças entre Cloud Boa e Cloud Má.

quarta-feira, setembro 03, 2014

Mete mais alto #395

Novo de Uncle Acid. Video de Marc Morris. Maravilha.

Hoje na Outra Coisa, a sonda Curiosity comentou o Verão visto de Marte.

Hoje fui ao talho, pedi bifanas e o homem disse-me

     - Agora é que é caso para perguntar: podem ser de porco?

e eu que ia a pensar noutra coisa, respondi sem reflectir

     - Pode ser.

Olhou para mim por cima dos óculos enquanto cortava uma peça de carne e a minha compostura, acrescentou

     - Era na brincadeira.

e eu tenho a certeza que o homem do talho ficou a achar-me um rato da cidade.

As bifanas eram boas.

terça-feira, setembro 02, 2014

Adam Warlock por Mike Mignola, 1980


Conferência de Solvay, 1927

(click na imagem para aumentar)

"Agarrar o absurdo."























Quando Rui Andrade, Parodiante de Lisboa, disse a frase "É preciso agarrar o absurdo", de certeza que não se estava referir a SHARKNADO (2013), até porque infelizmente faleceu em Janeiro de 2006. Mas a frase aplica-se a esta saga, em especial ao segundo filme, SHARKNADO 2: THE SECOND ONE (2014), que entra assim no panteão restrito de sequelas que suplantam o original. O absurdo é mais do que agarrado na continuação das aventuras de Fin (Ian Ziering), levado a extremos daqueles de aplaudir de pé. Há demasiados momentos épicos e hilariantes para destacar apenas um. Trata-se de um filme imperdível para apreciadores do género.

Mete mais alto #394

José Alberto Reis - Setembro

(via Miguel Martins)

"As Portas que Abril Abriu"
- José Carlos Ary dos Santos

Hoje, o Diogo Beja ouviu das boas pela voz da digníssima secretária do doutor Rui Pêgo. E sobrou para a Joana Marques.

Poeta castrado, não!


Serei tudo o que disserem
por inveja ou negação:
cabeçudo dromedário
fogueira de exibição
teorema corolário
poema de mão em mão
lãzudo publicitário
malabarista cabrão.
Serei tudo o que disserem:
Poeta castrado, não!

Os que entendem como eu
as linhas com que me escrevo
reconhecem o que é meu
em tudo quanto lhes devo:
ternura como já disse
sempre que faço um poema;
saudade que se partisse
me alagaria de pena;
e também uma alegria
uma coragem serena
em renegar a poesia
quando ela nos envenena.

Os que entendem como eu
a força que tem um verso
reconhecem o que é seu
quando lhes mostro o reverso:

Da fome já não se fala
- é tão vulgar que nos cansa -
mas que dizer de uma bala
num esqueleto de criança?

Do frio não reza a história
- a morte é branda e letal -
mas que dizer da memória
de uma bomba de napalm?

E o resto que pode ser
o poema dia a dia?
- Um bisturi a crescer
nas coxas de uma judia;
um filho que vai nascer
parido por asfixia?!
- Ah não me venham dizer
que é fonética a poesia!
Serei tudo o que disserem
por temor ou negação:
Demagogo mau profeta
falso médico ladrão
prostituta proxeneta
espoleta televisão.
Serei tudo o que disserem:
Poeta castrado, não!

José Carlos Ary dos Santos

Lembrado pelo Miguel Martins

segunda-feira, setembro 01, 2014

O regresso dos Poetas do Povo faz-se hoje da melhor maneira imaginável.


Mais info aqui.

One Woman Show, aka Cátia Domingues, fez-me as perguntas que não me fizeram no Verão passado.
Na sua página de FB, em complemento ao que aparece aqui neste link, a Cátia diz de mim o seguinte: "O português, a seguir ao Joaquim de Almeida, com a maior página no IMDB sem nunca ter feito de líder de um cartel de droga da América Latina."
O que a Cátia não sabe é que sim, eu fiz de líder de um cartel de droga da América Latina: 2010, em Nova York, numa curta-metragem do Artur Ribeiro. Contracenei com Evelina Pereira, exactamente um dia antes da Evelina ir filmar com o Justin Timberlake para o filme "Friends with Benefits", no que foi um autêntico resvalar da carreira dela - passar de mim para o Timberlocas, muito triste.
A Cátia não tinha como saber, uma vez que, tanto quanto sei, o filme ainda não deu à costa. Vou averiguar.
Entretanto, fiquem então com o questionário da One Woman Show aqui à minha pessoa. E obrigado, Cátia.

Uma coisa que ando a escrever e que talvez veja a luz do dia, não sei. De qualquer maneira, deixo-vos aqui um pequeníssimo excerto:

"Quando era pequena passava muito tempo fechada no quarto. Evitava sair e ainda hoje não sei porquê. Não havia nada de especial no meu quarto, nada que me fizesse querer passar ali o tempo todo. Nem havia nada de muito assustador lá fora. Por isso, não percebo. Penso muito nisso, mas não chego a nenhuma conclusão.
O mais terrível é que não me lembro do que é que ficava a fazer no quarto. Não me lembro. É como se não ficasse a fazer nada.
Hoje, lá fora é tudo muito mais assustador, e eu só penso em sair.
Só penso em sair porque cá dentro, cá dentro sente-se muito mais medo."

Mete mais alto #393

Earth
The Bees Made Honey In The Lion's Skull
2008