sexta-feira, agosto 01, 2014

Nem eu sou o Ingmar Bergman nem o Eduardo é o Gunnar Björnstrand, mas olhando para esta foto que lhe tirei podemos ser levados ao engano. Aproveito para dizer que estamos de volta de um novo projecto. Ainda é cedo para falar; por ora, posso apenas dizer que não tem nada a ver com Bergman.

Sem comentários: