quinta-feira, julho 24, 2014

Cordão humano entre o MP e o Banco de Portugal pela libertação de Ricardo Salgado.

Sem comentários: