quinta-feira, junho 26, 2014

Aquela coisa de dependermos dos nossos jogadores para marcar golos está ultrapassada. Viva Boye.

Sem comentários: