sexta-feira, maio 30, 2014

António José Seguro olha para o Tribunal Constitucional como um jovem em cadeira de rodas olharia para o Homem-Aranha a saltar por entre os prédios.

Sem comentários: