sexta-feira, março 07, 2014

Quando é que se convencionou que os taxistas podem gritar caralhadas pela janela, ainda mais quando transportam clientes? Se estivermos num restaurante e o empregado tiver o mesmo comportamento, qual a diferença? Porque não o toleraríamos nesse caso, mas com os taxistas é diferente? São os inimputáveis do asfalto.

Sem comentários: