terça-feira, fevereiro 11, 2014

Se a Martifer fabricasse preservativos em vez de coberturas, creio que estaríamos prestes a assistir a um baby boom.

Sem comentários: