quinta-feira, fevereiro 06, 2014

Porque hoje é quinta-feira, há Poesia às QUINTAS, a 69.ª sessão, no Bar do Teatro A Barraca, 22h30, com entrada livre. Nas palavras de Miguel Martins, o poeta mais maldito do hemisfério Oeste, honorável fustigador e instigador destas sessões:

"Estávamos na Primavera de 1978. O local? Ferragudo. No único laivo de sexualidade da sua vida, Angela Merkel passou uma noite inteira a tentar conquistar Ana Salomé, a qual, contudo, rechaçou, convicta e liminarmente, esses avanços. No dia seguinte, já na pista do aeroporto de Faro, Angela jurou vingar aquela afronta votando a pátria de Camões e Minervino Pietra a toda a sorte de privações e indignidades. Essa vingança tardou mas não falhou…
Ora, confrontada com as suas responsabilidades e com a obrigação de fazer algo para compensar o povo luso, Salomé acedeu a, na próxima 5ª, junto a MM, ler algumas das suas mais arrojadas e rigorosas traduções poéticas. Porque – é certo e sabido – não há fome que sobreviva a um bom alexandrino.
Quem não aparecer é porque partiu uma perna ao esquiar na pança do Helmut Kohl."

Sem comentários: