quinta-feira, fevereiro 27, 2014

Mete mais alto #291

Há quem ache ridículo. Para mim, ridículo não é garotinhas a fazerem música de gente grande, é gente grande a fazer música de atrasados mentais. Babymetal - provavelmente a minha nova banda favorita.

Bill Hicks

O Enorme Bill Hicks partiu há vinte anos e um dia. Mas não nos deixou.

Artista

Tenho que falar com os meus companheiros d'A Favola da Medusa, penso que urge convidar esta virtuosa para tocar connosco.

Mete mais alto #290

Se fosse vivo, o Senhor Johnny Cash teria hoje 82 anos e 1 dia.

Senhoras e senhores, meninas e meninos, fresquinho na Outra Coisa, um novo personagem: Cesário Canário.

Diga bom dia com Mokambo.

quarta-feira, fevereiro 26, 2014

Outra Coisa: Paulo Portas no congresso do PSD.

Mete mais alto #289

Nos últimos anos, não estava muito presente na minha playlist, mas foi, sem dúvida, um dos grandes que me fez querer aprender a tocar guitarra. Fazia com um dedo e uma corda o que eu faço com cinco dedos e seis cordas. Aqui com outros dois gigantes, John Mclaughlin e Al Di Meola. RIP Paco de Lucia.

Cada vez que abro o Facebook, morreu alguém. Zuckerberg, isso é o quê, alguma app?

Para quem não viu...

...Os Inocentes há pouco na +TVI, e não tem nada para fazer amanhã de manhã porque é madraço ou porque este governo de madraços os empurrou para um madracismo que implica a madraçagem de não ter o que fazer amanhã de manhã, e pode, por isso, deitar-se tarde como um bom madraço: diz que o nosso espectáculo repete daqui a pouco, às 3 da matina. Vejam, que sempre é melhor do que irem consumir porno online até de manhã. A não ser que seja porno com bicharada. Nesse caso percebo, porque é quase como assistir ao National Geographic, extremamente educativo.

segunda-feira, fevereiro 24, 2014

Harold Ramis (1944 - 2014)


Interpretou e escreveu, junto com Dan Aykroyd, ambos os Ghostbusters. Só isso bastaria para merecer a mais demorada vénia. Mas estamos a falar de Harold Ramis, que também escreveu e realizou o maravilhoso Groundhog Day. Parte cedo demais, aos 69 anos. Deixa-nos um imaginário inestimável.

Mete mais alto #288

TYPE O NEGATIVE - SYMPHONY FOR THE DEVIL (THE WORLD OF TYPE O NEGATIVE) - 2006

Mete mais alto #287

STONED JESUS - BLACK WOODS

Stoner doom da Ucrânia.

Mete mais alto #286

KING DIAMOND - THE FAMILY GHOST

Mete mais alto #285

MUDHONEY - GENERATION SPOKESMODEL

Mete mais alto #284

MUDHONEY - BLINDING SUN

Mete mais alto #283

MUDHONEY - TOUCH ME I'M SICK

O número-surpresa de stand-up de Marcelo Rebelo de Sousa no congresso do PSD foi Outra Coisa.

Lama


Brevemente

Os Poetas do Povo


Hoje às 22h no Povo Lisboa, festa de aniversário e lançamento do livro colectânea de poemas 'OS POETAS DO POVO - ANO I', onde tenho o prazer de figurar ao lado de toda esta gente talentosa. Apareçam que vai ser uma bonita festa.

sexta-feira, fevereiro 21, 2014

Estou ansioso pelo número de stand-up comedy de Luís Montenegro, este fim-de-semana no Congresso do PSD. Ele sai-se com cada uma.

Estava convencido que a troika vinha fazer a primeira parte do PSD no Coliseu de Lisboa. Ainda bem que não comprei bilhete.

IURD no Cinema Império, Congresso do PSD no Coliseu dos Recreios. As seitas levam-nos tudo.

Tribunal suíço determina que "porco estrangeiro" não é um insulto racista

Pois não, e "caralhetes xenófobos de merda dos tribunais suíços" também não.

Stand up for your rights

Nunca é demais lembrar que na frase "penso, logo existo", a palavra-chave é "penso".

Ucrânia: the plot thickens. Ver link, comentários, videos aqui.

Facebook de Schrödinger: quando não estou online, as pessoas likam e ao mesmo tempo não likam os meus posts.

Ucrânia: áreas cinzentas. Não há bons nem maus. Vítimas, há muitas. A ler.

Belíssima noite de Slam LX. Desta vez não tirei a costumeira foto, esqueci-me. Mas quem lá esteve sabe do que estou a falar. Parabéns a todos os slammers, e um obrigado a todos os presentes. A noite foi, mais uma vez, da Poesia. Até para o mês que vem.

Mulheres que defendem a retirada da calçada portuguesa porque dificulta andar de saltos altos: eu quero andar na rua de andas. Acham que dá para trocar a calçada por solo almofadado?

quinta-feira, fevereiro 20, 2014

Mete mais alto #282

SEPULTURA - REFUSE/RESIST

Mete mais alto #281

GNR - PORTUGAL NA CEE

Ucrânia. Hoje.

Mete mais alto #280

Hoje é o aniversário da Poison Ivy. Já lhe liguei mas foi para o atendedor de chamadas. Sempre na boa-vai-ela. E já que falamos em Cramps: vejam como o Lux Interior lidava com os saltos altos. De certeza que não se iria andar a queixar da calçada portuguesa.

Hoje

Outra Coisa: Passos Coelho sobre a saída da troika.

A pior coisa que podem dizer ao Luís Franco-Bastos é: tens de ser tu próprio.

Na escola, ao Luís Franco-Bastos nunca foi reconhecido o mérito de ser o melhor da turma, porque respondia às perguntas da professora sempre com uma voz diferente, de cada um dos seus colegas.

Quando nasceu, o Luís Franco-Bastos chorou com a voz de todas as crianças que tinham nascido no mesmo andar, lançando a confusão entre mães e enfermeiras.

Em conversa agora com o Luís Franco-Bastos cheguei a uma conclusão: quando ele se falecer todo, a pergunta não vai ser quais foram as suas últimas palavras, mas com a voz de quem é que ele as disse.

Estender o casaco sobre uma poça para que uma mulher possa passar: cavalheirismo. Acabar com a calçada portuguesa para agradar às mulheres que não sabem andar de saltos altos: rebarba.

Mulheres que se queixam da dificuldade que é andar de saltos na calçada portuguesa: quando o dançarino é mau, até o chão atrapalha.

quarta-feira, fevereiro 19, 2014

Manic Miner


Manic Miner
de Matthew Smith
Produtora: Bug-Byte
Plataforma: ZX Spectrum 48K
Ano: 1983

Plano prevê retirada da calçada portuguesa

Lembro-me da frase "enquanto houver pedras da calçada, isto é tudo meu". Parece-me assim que ficaremos, digamos, com menos de nosso. Um dos efeitos secundários deste plano, a concretizar-se, é tornar mais difícil o arremesso de paralelipípedos na via pública. Se, por um lado, isso acalmará os ânimos dos protestantes mais fogosos, também irá complicar o trabalho dos polícias infiltrados e agitadores. Seja como for, é mais um passo na via da descaracterização, de uma certa perda, creio, de identidade. O que faz sentido: afinal, badala-se além-fronteiras o nosso sucesso, e eu, que olho para o lado e não vejo ninguém aos pulos (ainda bem; é perigoso, a calçada portuguesa escorrega muito), já nem nos reconheço.

Mete mais alto #279

RIP Bob 2

terça-feira, fevereiro 18, 2014

Portas fala de exportações como "porta-aviões da recuperação económica". Tendo em conta a experiência com submarinos, ouvi-lo falar em porta-aviões não me deixa descansado.

Hoje: Manuela Ferreira Leite e o pós-troika.

Ontem: Paulo Portas sem moderação foi Outra Coisa. O que eu me divirto a escrever isto só é superado pelo ouvir.

Roubo de Identidade

Este video do Luís Franco-Bastos é tão sobrenaturalmente supimpa que até se corre o risco de ficarmos assoberbados pelo seu virtuosismo e não reparar que dá conta de um espectáculo ao vivo que ele vai apresentar dia 8 de Março no Cinema São Jorge, em Lisboa, e 21 de Março no Teatro Sá da Bandeira, Porto. Vejam o video, riam e arrepiem-se, e não deixem de estar presentes no "Roubo de Identidade." Vão ser noites e pêras.

domingo, fevereiro 16, 2014

Mete mais alto #278

Dia triste: morreu o grande Graciano Saga.

Venezuela. Relatos e videos assustadores. Gostava de ter mais informação, mas nos media portugueses só encontro notícias da visita de Paulo Portas à Venezuela para firmar a cooperação bilateral entre Caracas e Lisboa. Se calhar estou a procurar mal.

Não confio em ninguém que consiga passar mais de uma semana sem fazer um risco nos óculos escuros.

sexta-feira, fevereiro 14, 2014

Beat Generation


Malta de Abrantes e arredores: é amanhã! Lá vos esperamos!

Zamith!

É hoje a inauguração da exposição do grande Pedro Zamith, com trabalhos feitos a partir de textos de vários autores ligados ao humor, entre eles eu próprio.
Quando o Pedro me convidou a escrever, dei piruletas de contentamento, visto que há muito que sou grande admirador da sua pintura. Obrigado, Pedro, e parabéns. A imagem abaixo é do quadro que ele fez a partir do meu conto, intitulado "Linha do horizonte e uma cabeça gigante à janela".
Centro Cultural de Cascais, 21h30. Encontramo-nos lá.

Todos os ressabiados que pelas redes sociais pregam a sua anti-Valentinice: ponham os olhos no exemplo deste ressabiado-mor:

Chinês solteiro compra todos os bilhetes dos cinemas de Xangai - Ideia era sabotar o dia dos namorados

Isto sim, é à séria. Ao pé dele, vós sois uns nhónhós. Vós, nem amor, nem iniciativa. Só Facebooks e afins. Depois admiram-se de estar sozinhos. Beijinhos a todos (provavelmente os únicos que receberão hoje).

Crowdfunding para as comemorações do 25 de Abril é Outra Coisa.

quarta-feira, fevereiro 12, 2014

Mete mais alto #277

Metallica
"Hit The Lights"
Kill'Em All
1983

Mete mais alto #276

Metallica
"Motorbreath"
Kill'Em All
1983

Veneza pode esperar


É hoje no El Corte Inglés, a apresentação do novo livro da mui estimada Rita Ferro. O primeiro dos seus diários, uma partilha que adivinho generosa, divertida, perspicaz, imperdível. Às 19h, "Veneza pode esperar", apresentado por Ana Mesquita, Herman José e Marcello Duarte Mathias.

Difícil conviver com o assadismo rabioscal dos adeptos de equipas que perdem. Lidai.

terça-feira, fevereiro 11, 2014


Ela fugiu com a consola de jogos

Uma defesa com mais buracos do que a cobertura da Luz. Esvoaça e tomba a moral sportinguista como lã de rocha ao vento. Chuif.

Se a Martifer fabricasse preservativos em vez de coberturas, creio que estaríamos prestes a assistir a um baby boom.

Se o call center de São Bento fosse uma linha erótica, seria Outra Coisa.
(maior gozo do que tive a escrever o texto foi o que senti a ouvir a interpretação do Luís Franco-Bastos)

segunda-feira, fevereiro 10, 2014

Estou, sim? Era para perguntar que fantochada é esta.

sábado, fevereiro 08, 2014

sexta-feira, fevereiro 07, 2014

Mete mais alto #275

BEDEMON - INTO THE GRAVE

(Bobby Liebling pré-Pentagram)

Bom!

Mete mais alto #274

MERCYFUL FATE - EVIL

Pergunta muito merdosa ao nível das perguntas de merda

Razão para lambada a partir dos 8m45.

Mete mais alto #273

DEAD COMBO - O ASSOBIO (CANÇÃO DO AVÔ)

A Bunch of Meninos

Tó Trips e Pedro V. Gonçalves, aka Dead Combo, uma das melhores bandas de sempre, dentro e fora de Portugal, têm novo álbum agendado, com, provavelmente, o título mais épico de todos os tempos. "A Bunch of Meninos" sai dia 10 de Março. Temos de aguentar-nos à bronca e esperar, não queremos ser um bando de bambinos.

Os filmes do Facebook de Paulo Portas, Cavaco Silva e Alberto João Jardim são Outra Coisa.

The Daily Show's Touching Moment Of Zen Tribute To Philip Seymour Hoffman

A homofobia russa explica-se, entre outras coisas, pelo facto de Vladimir Putin ser um grande paneleiro recalcado.

Congratuleichas

Parabéns ao broda Eduardo Madeira e ao Manuel Marques pelas três nomeações nos Troféus TV7dias: Melhor Actor Comédia; Melhor Programa de Comédia - ANTICRISE; Melhor Programa de Comédia - BREVIÁRIO BILTRE. Orgulho-me de partilhar com eles e com as respectivas equipas estas duas últimas nomeações, uma vez que escrevi sketches para o ANTICRISE e realizei o BREVIÁRIO BILTRE.

quinta-feira, fevereiro 06, 2014

Com tanto nervoso miudinho para cancelar séries, vai-se a ver e a NBC também tem Parkinson.

Série de Michael J. Fox cancelada pela NBC

O Assalto

A nova curta-metragem do David Rebordão. Dura e perturbadora. Tal como aparece escrito, a abrir: "Esta é uma obra de ficção. Qualquer semelhança com a realidade, será uma dura coincidência."

Hanuram























Hanuram The Golden do excelso Ricardo Venâncio.
Grandes coisas estão para vir.

O "Meu filme no Facebook" de Eduardo Catroga

O "Meu filme no Facebook" de Passos Coelho

Vi o video do "Meu filme no Facebook" do presidente Cavaco Silva e estranhei que não houvesse uma única foto onde aparecesse a Nossa Senhora.

Estive a ver o video do "Meu filme no Facebook" do doutor Paulo Portas. Lacrimejei de emoção ao rever as imagens do relógio com contagem decrescente para a saída da troika. E, numa das fotos, pareceu-me ver as papeladas dos submarinos.

Mete mais alto #272

Uncle Acid & The Deadbeats
"Mind Crawler"
Mind Control
2013

Porque hoje é quinta-feira, há Poesia às QUINTAS, a 69.ª sessão, no Bar do Teatro A Barraca, 22h30, com entrada livre. Nas palavras de Miguel Martins, o poeta mais maldito do hemisfério Oeste, honorável fustigador e instigador destas sessões:

"Estávamos na Primavera de 1978. O local? Ferragudo. No único laivo de sexualidade da sua vida, Angela Merkel passou uma noite inteira a tentar conquistar Ana Salomé, a qual, contudo, rechaçou, convicta e liminarmente, esses avanços. No dia seguinte, já na pista do aeroporto de Faro, Angela jurou vingar aquela afronta votando a pátria de Camões e Minervino Pietra a toda a sorte de privações e indignidades. Essa vingança tardou mas não falhou…
Ora, confrontada com as suas responsabilidades e com a obrigação de fazer algo para compensar o povo luso, Salomé acedeu a, na próxima 5ª, junto a MM, ler algumas das suas mais arrojadas e rigorosas traduções poéticas. Porque – é certo e sabido – não há fome que sobreviva a um bom alexandrino.
Quem não aparecer é porque partiu uma perna ao esquiar na pança do Helmut Kohl."

Mete mais alto #271

As Anarchicks começam o ano com este "Smashed", banda sonora para motim. Katari, Synthetik Red, Lola e Marta Lefay abrem as hostilidades e dão ganas de despedaçar cenas. O efeito saudável que o rock é suposto ter. Video de Henrique Hirche.

TLS WebMag #5


The Lisbon Studio, sem sombra de dúvida um dos colectivos mais brilhantes do multiverso, tem online a TLS WebMag #5. As razões para classificar este número como imperdível são mais que muitas: o lançamento do álbum de BD HAWK escrito por André Oliveira e ilustrado por Osvaldo Medina; a apresentação de um novo artista residente, Ricardo Drumond, com amostras do seu trabalho; quatro curtas de BD originais: "The Catch" por Jorge Coelho, "Grande Carnaval" por Nuno Saraiva, "MOSES the green elf" por João Maio Pinto e "Last Supper" por André Oliveira e Pedro Pereira ; esboços da obra "It must be something bigger" ilustrada por Filipe Andrade segundo argumento de Bartosz Sztybor; e uma história escrita por Filipe Pina com ilustrações do André Oliveira. Marimbem no que têm a fazer no resto do dia e agarrem-se a esta maravilha.

Mete mais alto #270

Hoje estou naqueles dias em que me sinto especialmente privilegiado por conhecer tantos e tão talentosos indivíduos. Como é o caso do multi-facetado Vasco Duarte que, com o Sérgio Pratas da Costa, Bruno Simões, Ricardo Montalvor e Nuno Santos, forma os Uruguai. Rock com pêlo na venta para quem gosta de conduzir de janela aberta, mesmo que lá fora esteja uma borrasca daquelas.

Take


A Take Cinema Magazine soma e segue, desta vez com um número todo ele dedicado a Stanley Kubrick e ao seu legado. 134 páginas de altíssimo gabarito, grátis e online. De que é que estão à espera? Parabéns ao José Soares e a toda a equipa, com quem já tive, no passado, a honra e o prazer de colaborar, e cuja única e magnânima motivação para esta revista é o genuíno amor pelo cinema.

15 anos de Xará


O grande Rui Xará festeja 15 anos de carreira e quem quiser festejar com ele tem mesmo de estar, este sábado, na Tertúlia Castelense. É de não perder, porque este comediante e amigo, já normalmente inspirado, vai, de certeza, estar ainda mais eléctrico nesta actuação, ou não fosse a noite especial e de festa. Parabéns, Rui, venham mais anos de comédia.

Zé e o Robot


Inspector Zé e Robot Palhaço em Crime no Hotel Lisboa, aka Detective Case and Clown Bot in Murder in the Hotel Lisbon, é daqueles jogos com um universo no qual entramos de imediato mas do qual é difícil sair, de tão viciante que é. Humor e enigmas à fartazana, com gráficos e uma jogabilidade que nos remetem para o que de melhor têm grandes clássicos dos anos 80. Como se não bastasse a supimpidade desta aventura, cortesia do talento de Filipe Pina e da sua equipa dos Nerd Monkeys, estão anunciadas expansões para breve. Imprescindível. Já à venda.

Outra Coisa com Passos Coelho a vender o Miróóó fresquiiiiinho.

quarta-feira, fevereiro 05, 2014

Passos Coelho: "O meu favorito é o Miró de chocolate".

Barreto Xavier: "Promoção Miró: pague meio, leve dois. Miró, deixa o cabelo mais sedoso e brilhante. Com Miró, não há Quitoso que resista."

Os Mirós vão salvar-nos do défice! Miró ao Panteão!

Malta de Lisboa: não se admirem se este fim-de-semana virem Mirós ao desbarato na Feira da Ladra.

Passos Coelho sabe que a Christie's não é a única leiloeira do mundo, também há o eBay e o OLX.

Olhóóóóó Miróóóó fresquiiiinho!

Mete mais alto #269

DEFTONES - MY OWN SUMMER

Pussy Riot no Colbert Report. Adoro-as.

Barreto Xavier terá chegado a perguntar: "Miró é aquela dos naprons em Versailles?"

terça-feira, fevereiro 04, 2014

A mulher gorda também tem direito a ser humilhada, por isso não percebe porque é que não lhes convém.

O direito à humilhação explica o porquê de andarem com aqueles trajes.

Ao contrário do que é amplamente divulgado, nem Batman nem Drácula tocavam na tuna.

Mete mais alto #268

KADAVAR - BLACK SUN

segunda-feira, fevereiro 03, 2014

Synecdoche, New York

A todos aqueles que, perante a notícia de que Philip Seymour Hoffman terá morrido de overdose, sentiram latejar, mais que tudo, o nervo do julgamento imediato, falando ou escrevendo com uma superioridade moral deslocada, revelando a sensibilidade de um pneu a arder no meio do deserto: desamiguem-me, deixem de seguir-me, aqui no FB, no Twitter, seja onde for. Temos visões diferentes do que a circunstância pede. Não estou, eu próprio, a afirmar qualquer tipo de superioridade: se assim acharem, tenho a dimensão ética de uma beldroega, é como queiram. Não quero argumentar, não estou a tentar sequer que partilhem da minha maneira de ver as coisas. É só que não me relacionaria convosco fora das redes sociais, não tenho interesse que isso aconteça aqui. Fico mesmo muito agradecido. Obrigado desde já.

domingo, fevereiro 02, 2014


Morreu Philip Seymour Hoffman. Aos 46 anos. Com tanta merda que anda aí, levam-nos este actor genial, ainda com tanto para dar. A ideia de que não vou voltar a vê-lo interpretar novos papéis perturba-me.

Marimbei para as praxes. Tunas é que ui.