quarta-feira, janeiro 15, 2014

E, como é óbvio, têm razão. Não sei como é que ninguém se tinha ainda apercebido disto.

Sem comentários: