quarta-feira, dezembro 18, 2013

Paulo Portas queria ter um relógio com contagem decrescente para a extinção do Tribunal Constitucional.

Sem comentários: