domingo, dezembro 01, 2013

Ao vivo foi outra coisa


Há sensivelmente um ano e meio, o Luís Franco-Bastos desafiava-me para ser co-autor de uma rubrica de rádio na Antena 3. Ainda sem nome para a dita, tudo o que pensei ao início foi que, com a quantidade de rubricas para a rádio que já tinha escrito, e as que abundavam no chamado éter radiofónico, esta tinha mesmo de ser... Outra coisa. O nome pegou, e eis-nos passado este tempo a comemorar em cima do palco do São Jorge, numa noite que nos deixou sem palavras de tão belezurística que foi. Resta agradecer a todos os presentes, a todos os que acompanham a Outra Coisa diariamente, à Antena 3 e ao Rui Pêgo, ao Diogo Beja e à Joana Marques, ao Jorge Botas, ao Serginho, a toda a equipa das Manhãs da 3, a todos os que tornaram este ano e meio e a noite de ontem possível. E um abraço muito especial ao Luís Franco-Bastos, por me ter tomado como parceiro nesta Outra Coisa diária, um carrossel que, dure o tempo que durar, já é uma das viagens da nossa vida. E agora siga, convosco, que isto convosco é outra coisa.

Sem comentários: