domingo, dezembro 08, 2013

A Noite do Cometa

No meio de obras de Spielberg, Landis, Dante, Carpenter, Hooper e Reitman, os anos 80 deram à luz pérolas de menor impacto, mas, ainda assim, exemplos acabados do que era o cinema fantástico dos anos 80. Ensombrado pelo brilhantismo de GHOSTBUSTERS, estreado no mesmo ano, NIGHT OF THE COMET é o retrato perfeito do futuro pós-apocalíptico visto à distância de 1984.
Tendo como ponto de partida a paródia aos filmes de horror e ficção científica dos 50, 60 e 70, este filme de baixo orçamento, escrito e realizado por Thom Eberhardt, é uma inteligente sátira com todos os ingredientes que definem uma das décadas mais ricas no género horror e ficção científica. Os diálogos, o tipo de humor, os actores, os penteados, o guarda-roupa, a banda sonora - tudo conjuga na perfeição para dar à luz um tratado dos anos 80, com gosto a clássicos influentes, contemporâneos deste NIGHT OF THE COMET, deixando perceber que, de facto, andavam no ar uma abordagem e uma estética comuns, dentro e fora dos géneros em que se insere. Não tem a envergadura das obras maiores que veneramos até hoje, mas vale muito a pena ver. Até pela temática natalícia.
O fim do mundo nos anos 80 tinha muita pinta, chumaços nos ombros, música da Cyndi Lauper, e um governo manhoso (há coisas que nunca mudam).

Sem comentários: