segunda-feira, junho 03, 2013

Gil Scott-Heron estava certo. A revolução não passa na televisão.

Sem comentários: