segunda-feira, abril 29, 2013

SUBMERSOS
O mundo à superfície e aquele por baixo

Aconteceu tudo muito rápido. No final de Janeiro, a Maria Rueff contactou-me para fazermos uma série juntos. Pouco tempo depois, começámos a delinear os traços gerais do que poderia ser essa série e a convidar actores para o projecto. A 4 de Março, estreava Submersos.

Já trabalho com a Maria há muitos anos, desde o Herman Enciclopédia, em 1996, mas nunca tínhamos tido uma experiência de trabalho tão próxima, de criação conjunta, e comigo a realizar. Actriz única, com um talento invulgar e um profissionalismo a toda à prova, a Maria tem uma profunda compreensão dramatúrgica que se revelou nas inúmeras conversas que tivemos para criar esta série. E uma generosidade ímpar, aliada a uma imensa vontade de arriscar, que nos permitiu levar a série para registos cada vez mais distantes da comédia, no extremo oposto, onde tive o privilégio de não só escrever mas também realizar aquilo que, sendo apenas uma pequena amostra do que a Maria é capaz, constitui uma estreia dela em registos mais conotados com a tragédia, longe do que público se habituou a esperar dela, mas onde se movimenta com igual mestria.

Quando propus que a personagem que a Maria interpreta, Margarida, fosse bióloga marinha, sentimos o universo da série tornar-se mais compacto. Já existia um mote para a linguagem falada e visual da série. A ideia de fazer omeletes sem ovos foi aqui elevada ao quadrado, pois se contámos com uma fabulosa equipa, sem a qual nada disto seria possível, faltou-nos tempo. Cada episódio foi escrito três - às vezes dois - dias antes da gravação, e gravado em um dia apenas, excepção feita ao 4, 5, e 7, onde tivemos ainda algumas horas extra do dia seguinte para gravar mais umas cenas. A escassas três horas da exibição de cada episódio, estávamos ainda a ultimar a pós-produção video e áudio, sempre em contra-relógio, num processo que nos levou a todos ao limite, com noitadas e directas sucessivas. Esforço esse que, estou certo, ninguém da equipa se arrepende. Um sentimento de orgulho pelo produto final, mesmo com todas as adversidades a que fomos sendo sujeitos, inunda-nos a todos. Uma das razões mais fortes para esse orgulho prende-se com a reacção que o público demonstrou ao nosso Submersos; cada vez mais - porque muitas pessoas só se aperceberam de que a série existia por volta do 4.º ou 5.º episódio, indo depois descobrir online os episódios anteriores - nos chegam demonstrações de quase culto pela série, um seguimento atento da história, um envolvimento emocional com os personagens. Estamos profundamente gratos por isso e não há palavras suficientes para agradecer-vos.

Outras palavras de agradecimento se impõem. À equipa, começando pela Diana Coelho, produtora incansável que desdobrou em tarefas para que tudo decorresse da forma menos dolorosa e mais escorreita possível; a palavra "impossível" foi, desde cedo, erradicada do nosso vocabulário. Ao Mário Soares, mestre da luz e das suas nuances, que não se poupou a esforços para ajudar-nos a criar os ambientes que a série exigia. Aos câmaras Gonçalo Pardal e David Neto, exímios operadores de imagem que nunca se limitaram a fazer aquilo que pedi, sempre empenhados em levar Submersos para outro nível. Ao Luís Figueiredo e ao Hugo de Sá Nogueira, dedicadíssimos operadores de áudio que encontraram sempre a melhor solução para cada uma das situações. Ao assistente de produção César Passinhas, acrobata multifunções que esteve lá sempre que foi preciso; à Inês Gutierrez, atenta e detalhada anotadora; à Sara Corrêa e à Tina Costa, respectivamente maquilhadora e responsável do guarda-roupa, indispensáveis na composição do visual dos personagens. Ao Tiago Raposinho, pela experiente pós-produção áudio, e ao notável Tiago Câmara, que comigo dividiu as longas horas de pós-produção video.

Obrigado também ao Nuno Artur Silva e ao Gonçalo Félix da Costa, do Canal Q, pela total confiança, que se traduziu em carta branca para fazermos de Submersos aquilo que bem entendemos. Uma liberdade criativa deste calibre é coisa rara e inestimável.

Agradecemos também ao Dino Alves e à Sano de Perpessac; o vosso contributo foi muito valioso.

Um imenso obrigado aos actores. Ao Cláudio Silva, mais e mais surpreendente a cada episódio, a cada cena, sempre com propostas inovadoras que em muito contribuíram para fazer da nossa série o que ela se tornou. À Mina Andala, pela disponibilidade e encarnação de uma Ísis que deixou marca na série. Ao Carloto Cotta que, com um improviso em utan, fez também aquele que acabaria por ser o tema do genérico. À Diana Nicolau, pela entrega e por uma completa composição de personagem que permitiu fazer evoluir a Carla para territórios não pensados à partida. Ao Eduardo Madeira, pelos dois dias em que gravou connosco, é sempre um prazer trabalhar com ele. E à Rita Tristão da Silva, pelo vigor da sua representação e a total disponibilidade.

Last but not least, à Maria Rueff. A dedicação ao projecto e o talento infinito esbanjado a cada frame de Submersos são coisas pelas quais estarei para sempre profundamente grato. Pelo convite, pela cumplicidade, pela experiência que foi fazer esta série, muito e muito obrigado, Maria.

Quero também deixar aqui uma nota de agradecimento aos meus amigos e companheiros d'A Favola da Medusa, Ana Isabel Dias e Miguel Martins. As músicas desta série são de nossa autoria, fruto de actuações ao vivo que temos vindo a fazer desde há três anos e que se tornaram parte integrante de Submersos. O obrigado segue também para a Sónia Montenegro e para o grandioso George Haslam, que actuou connosco no ano passado; parte da actuação está também presente na série, via um dos temas que usei nos episódios.

Submersos chega hoje ao fim com o 9.º episódio, às 23h00 no Canal Q, posição 15 Meo/Zon.

Mete mais alto #195

Soundgarden
"Rusty Cage"
Badmotorfinger
1991

sábado, abril 27, 2013

Os Inocentes - fecho de temporada, hoje, no Porto

Chegou ontem ao fim a primeira temporada d'Os Inocentes em Lisboa. O que começou como uma brincadeira entre mim, o Rui Sinel de Cordes e o Vasco Duarte, fez-se galhofa em cima do palco, partilhada com todos aqueles que fizeram a finura de vir assistir ao nosso espectáculo. A todos esses, o nosso sincero obrigado; noite após noite, foram vocês que deram significado a tudo isto.
Hoje vamos voltar ao Porto para encerrar esta primeira leva de espectáculos, numa noite em que o Plano B recebe também Nancy Whang (musa da editora nova-iorquina DFA e membro dos LCD Soundsystem e The Juan Maclean) como cabeça de cartaz do Discotexas Allover (que também traz Moullinex e Mr. Mitsuhirato). A ideia que temos é que não deverão faltar, madraços.

Sábados de manhã #10


Era Uma Vez... O Espaço (1982)
Ep. 1 - O Planeta Ómega
Tão, tão bom.

The Super Powers Team: Galactic Guardians (1985)
Ep. 1 - Seeds of Doom


Ulysses 31 (1981)
Ep. 7 - Sisyphe


Era Uma Vez... O Homem (1978)
Ep. 2 - O Homem de Neanderthal


Flash Gordon: The Greatest Adventure of All
Longa-metragem, produzida pela Filmation em 1979, antes da série, mas só exibida em 1982 nos EUA. Por cá, nunca passou. Ao contrário da série, que era umas das maravilhas dos sábados de manhã.

sexta-feira, abril 26, 2013

After party no Estado Líquido. Vinde.

Estado de Graça

É caso para dizer que estamos todos de parabéns, toda a equipa.
Mas são redobradas as felicitações aos grandes Maria Rueff e Manuel Marques! Merecidíssimo!

Mete mais alto #194

Celtic Frost - "Into The Crypts of Rays", ao vivo num programa de TV em 1985.

quinta-feira, abril 25, 2013

The Invisibles


Obra maior de Grant Morrison.
Esta é a capa do Omnibus; todos os números reunidos num só volume.

Mete mais alto #193

"Revolution" - Nina Simone, ao vivo no Harlem Cultural Festival, 1969.

25 de Abril é Outra Coisa

Texto meu para a, como de costume, maravilhosa imitação/interpretação do Luís Franco-Bastos.
O Luís tinha-me dito que a Joana Marques não ia lá estar mas, quando escrevi, varreu-se-me completamente. Saudações ao Diogo Beja que safou a cena, fazendo as falas dele e da Joana. É muito jogo!

Mete mais alto #192

The Pixies, "Gigantic", ao vivo em Londres, 1988.

Este ano, o 25 de Abril é Outra Coisa

8h20, Antena 3.

quarta-feira, abril 24, 2013

Parabéns, Maria!

Nomeada para os Globos de Ouro 2013 na categoria de Melhor Actriz Teatro em Lar, Doce Lar.
Toca a votar, malta!

Mete mais alto #191

Para fãs de dark ambient, um tema meu: "The Organism" - Ghost Series de 2011.

Mete mais alto #190

Robert Rich & B. Lustmord
"Synergistic Perceptions"
Stalker
1995

Adoro.

Mete mais alto #189

Robert Rich & B. Lustmord
"Hidden Refuge"
Stalker
1995

Tribunal Constitucional

Acabadinho de chegar aos entrefegos do online, o novo tema dos Meteoritos Rolantes, com letra minha e música dos quatro Meteoritos. Tema para dançar e ter ataques de epilepsia. Um regalo.

segunda-feira, abril 22, 2013

Entrevista a Miguel Gonçalves. Fosse o jornal i folha dupla e dava para papel higiénico. Assim, nem para forrar gaiolas.

Estou viciado nisto.

PORTLANDIA

domingo, abril 21, 2013

Parem de criticar o Diogo Morgado por ter chorado na Oprah. Muito já ele fez quando, na novela "Vingança", beijou a Teresa Guilherme sem verter uma lágrima.

sábado, abril 20, 2013

Sábados de manhã #9

Porque esta semana o Super-Homem fez 75 anos:


Superman (The Mad Cientist) (1941)
Nomeado para o Óscar de Melhor Curta de Animação

Superman: Jungle Drums (1943)


The New Adventures of Superman (1966-1970)

sexta-feira, abril 19, 2013

Vamos a isto, madraços?

Penúltimo espectáculo d'Os Inocentes em Lisboa.
É agora às 23h30 no Bar do Teatro A Barraca.
Temos musiquetas novas e tudo. Um regalo.

Submersos - promo do episódio 8

Penúltimo episódio.
Entra Anita (Rita Tristão da Silva).

Mete mais alto #188

Primeiro avanço para o novo álbum de Black Sabbath - "God Is Dead?". 13 sai a 11 de Junho.

De regresso à Escola das Grandes Malhas.

Tenho estado a perder o filme do Rambo que tem passado o dia todo na CNN.

Mickael Carreira é trendy

Outra Coisa que escrevi para hoje: Marta Gertrudes fala do sexagenário que se fez passar pelo Mickael Carreira para sacar fotos de mulherio em pelota.

Mete mais alto #187

Daft Punk fresquinho - o primeiro avanço do novo Random Access Memories: "Get Lucky" com Pharrell Williams.

SUBMERSOS E05 - "O Abismo"
(em HD)

Escolham a resolução máxima, coloquem o ecrã a cheio e o volume bem alto.

quinta-feira, abril 18, 2013

75 anos de Super-Homem

Desenho de John Byrne

Outras Coisas

Cada vez é maior o gosto de escrever a Outra Coisa, e é bom saber que estamos a chegar a cada vez mais gente. Aqui fica um apanhado de algumas das Outras Coisas mais recentes.

Manuela Ferreira Leite esteve na Antena 3 na quinta-feira passada:

 Mário Soares, convidado de segunda-feira:

 Paulo "Belieber" Portas, convidado de terça:

 E hoje estivemos com José Sócrates:

Esta Música Não me Sai da Cabeça

Chequem a Sílvia Alberto do Rui Unas nesta paródia ao programa Esta Música Não me Sai da Cabeça que escrevi para o AntiCrise. Props para o Eduardo, o Machado e o Manuel.

Vem. Aí. O. Melhor. Filme. De. Sempre.

quarta-feira, abril 17, 2013

SUBMERSOS no topo das audiências do Canal Q. A todos os que têm acompanhado a nossa série, muito e muito obrigado.

terça-feira, abril 16, 2013

Contas de cabeça

A malta gosta de ver acidentes

+

a opinião de Sócrates perde 200 mil espectadores na segunda semana

=

tomada de consciência de que maior desastre do que tê-lo como Primeiro Ministro só quando ele for Presidente da República e para isso ainda falta um tempinho

sábado, abril 13, 2013

Sábados de manhã #8

Era Uma Vez... O Homem, versão dobrada em português, como era exibida por cá no início dos 80, talvez ainda no fim dos anos 70, não tenho a certeza.

sexta-feira, abril 12, 2013

O céu é o limite. "To infinity and beyond" - Parte II

Governo quer reformados a pagar pelas suas reformas

Submersos - promo do episódio 7

Segunda-feira, 23h00, Canal Q, posição 15 Zon/Meo.

Mete mais alto #185

Para quem tem curiosidade: Tricky samplou a cena daqui. Belo tema, já de origem, sem dúvida.

Mete mais alto #184

Tricky está de volta. Que tema. Que video.

O céu é o limite. "To infinity and beyond".

Maioria "chumba" proposta para combater pobreza infantil

quinta-feira, abril 11, 2013

Um iraniano diz que inventou uma máquina do tempo. Mas que só permite viajar para o futuro. Uma pessoa fecha os olhos e, quando volta a abrir, está uns anos à frente.
Pfff. Grande coisa. Isso já existe. Chama-se coma.

O que é que te faria viajar no tempo?

Não viram? Ou viram mas anseiam rever? Então aqui fica, este sketch que escrevi e que foi exibido há umas semanas no AntiCrise, a parodiar um anúncio que anda aí a passar.

Outras Coisas

Choque de comentadores: Marcelo vs Sócrates, na 2.ª feira passada, aqui; e o comentário de Manuela Ferreira Leite, hoje, aqui.

quarta-feira, abril 10, 2013

segunda-feira, abril 08, 2013

E a quantidade de gente que só hoje ficou a saber que havia alguém chamado Margaret Thatcher?

Mete mais alto #183

Empress Of - "Champagne" - 2012

domingo, abril 07, 2013



Cartaz italiano e cartaz japonês de
The Satanic Rites of Dracula (1973)

sábado, abril 06, 2013

Estes vai-vens, orçamentos inconstitucionais, encontros em Belém, comunicados ao país, saem do bolso do contribuinte. Se é para pagar palhaçada, prefiro o Batatinha.

Submersos: promo do episódio 6

Segunda-feira, 23h30, Canal Q (posição 15 Zon/Meo)

sexta-feira, abril 05, 2013

SUBMERSOS E04 - "Toxina"
(em HD)

Escolham a opção de máxima resolução e coloquem o ecrã a cheio.

Bater punho!

Para quem não ouviu, ou quer voltar a ouvir, a Outra Coisa de hoje, com texto meu e interpretação avassaladora do Luís Franco-Bastos.

quinta-feira, abril 04, 2013

Bater punho é outra coisa

Acabei de escrever o texto da Outra Coisa de amanhã. O convidado é Miguel Gonçalves, o embaixador do Impulso Jovem escolhido por Miguel Relvas. Fiquem com um pequeno excerto. Ouçam amanhã às 8h20, nas Manhãs da 3.

quarta-feira, abril 03, 2013

SUBMERSOS - Episódio 3 - "Cálculo"
(em HD)

Escolham a opção de máxima resolução e coloquem o ecrã a cheio.

Incha, Sócrates.

Miguel Relvas no consultório

Miguel Relvas foi chamar aquele saloio do não-sei-quantos-das-palestras. Isso lembrou-me este sketch que escrevi há umas semanas para o AntiCrise, a propósito de Relvas ter dito que o desemprego dos jovens lhe tirava o sono. Para o Eduardo e o Machado - respect!

segunda-feira, abril 01, 2013


20 anos de PF. Parece que foi ontem. Mas foi anteontem.