sábado, maio 31, 2008

Viciadíssimo


Midnight Juggernauts. Estou naquela fase em que nem consigo ouvir mais nada. A Rolling Stone descreveu-os como "David Bowie if his Berlin Trilogy was a collaboration with Kraftwerk and Faust" (sobre Bowie em Berlin, é de ler "Bowie in Berlin: A New Career In A New Town", de Thomas Jerome Seabrook, sugestão recente de Álvaro Costa na Antena 3). Dystopia é um discalhaço de electro-pop-cósmica absolutamente viciante.

E-flux video rental


A Fundação Gulbenkian vai ter no seu foyer um vídeo clube - podemos alugar e levar para casa vídeos de autores nacionais e internacionais. Com uma mais valia - é gratuito. Até 31 de Julho. E-Flux Vídeo Rental é um projecto de Anton Vidokle e Julieta Aranda para e-flux.com, um importante sítio de divulgação de arte contemporânea, que se dedica também a projectos especiais de curadores e artistas de renome, como Hans Ulrich Obrist ou Martha Rosler, todos eles com uma forte vertente online. Este vídeo clube de arte contemporânea é um extenso arquivo que anda a viajar por diversas capitais e instituições, como Amesterdão, Berlim, Frankfurt, Istambul, Austin Texas ou Miami, e que é aumentada cada vez que chega a uma nova cidade com os comissários locais a serem convidados a escolher trabalhos de artistas nacionais para juntar ao arquivo.
Mais info aqui.
Via Saduk.

sexta-feira, maio 30, 2008

Estão abertas as apostas

Hoje à noite, no Rock in Rio, a Amy Winehouse cai do palco abaixo à 2.ª, 3.ª, ou 4.ª música?

Ufa, que alívio

segunda-feira, maio 26, 2008

Mete mais alto #16


Midnight Juggernauts
"Into the Galaxy"
Dystopia
2008

Yesterday's man


Da newsletter do Mundo Perfeito:

A versão portuguesa do espectáculo “Yesterday’s man” uma criação do incontornável encenador e actor libanês Rabih Mroué, o actor português Tiago Rodrigues e o arquitecto libanês Tony Chakar é apresentada como parte da programação do Alkantara festival.

Lisboa
Alkantara Festival
ter 27 Maio
qua 28 Maio
qui 29 Maio
sex 30 Maio
19h00
Teatro da Politécnica
bilhetes 10 € / 5 €
bilheteira central: espaço alkantara - calçada marquês de abrantes 99, santos
tel. 309 978 184 | das 12h às 15h e das 17h às 20h


Um português visita a cidade de Beirute ano após ano. Ele é várias pessoas que são sempre a mesma. Vários homens iguais que, ano após ano, percorrem o mesmo caminho, durante um dia, no centro de Beirute. A cidade vai mudando, vai-se metamorfoseando mercê da erosão do tempo e das convulsões da História. Este homem sempre igual acaba por viver dias diferentes, a cada visita. Os dias que a cidade mutante lhe permite viver. Este espectáculo parte da hipótese de que em cada cidade existe uma outra cidade subterrânea e por baixo dessa existe ainda uma outra cidade e assim sucessivamente, num infinito de cidades escondidas que o tempo vai revelando de forma imprevisível. Essas cidades subterrâneas são tanto o passado como o futuro, são tudo o que já não ou ainda não existe no presente.

Um espectáculo de Rabih Mroué, Tiago Rodrigues e Tony Chakar com Tiago Rodrigues cenário e desenho de luzes Thomas Walgrave assistente Joelle Aoun produção executiva Magda Bizarro
M/12
Uma produção Mundo Perfeito e Alkantara. Projecto financiado por DGA, Ministério da Cultura, com os apoios de Instituto Camões, Ashkal Alwan e Teatro Maria Matos.
Criado no contexto do project “Sites of Imagination”, com o apoio do programa de Cultura da União Europeia

quarta-feira, maio 21, 2008

Venho já


Eu sei, poucos updates, mas é que o tempo escapule-se-me pelos mindelos como gravilha.

quarta-feira, maio 14, 2008

Magistral momento de televisão

Herman José meets Jorge Palma.

terça-feira, maio 13, 2008

Mete mais alto #15


I'm back

com novidades suculentas. Entretanto, fiquem com Duffy.

sexta-feira, maio 02, 2008

Site MÁ ONDA online


Muito e muito para fazer, partida para Joanesburgo amanhã, poucas oportunidades para actualizar o blog com notícias, visto que a maior parte do tempo é passada no Fogo Posto (depois explico), na Festa (depois explico também), numa nova peça com estes senhores, e outros tantos projectos de que, em breve, falarei aqui. Entretanto, o site do Má Onda está online desde este exacto momento, por enquanto apenas em versão inglesa. Mais tarde será bilingue, mas não houve tempo para tudo, e como a necessidade imediata é de que o site seja perceptível internacionalmente, por causa do INPUT, optámos por ter primeiro o dialecto-bife e depois, então, o dialecto-Camões. Mais conteúdos serão também acrescentados, estamos a trabalhar para isso.
Tantas novidades que há para contar, mas tem mesmo de ficar para a próxima. Já falamos.

Já não se fazem gangsta rappers como antigamente


Mais info aqui.

Mete mais alto #14