quarta-feira, maio 09, 2007

Hora H: o Blogo-dependente

O sketch do Blogo-dependente que eu e o De Pina escrevemos para este último Hora H é um bom exemplo de quando o texto se concretiza na televisão exactamente como o tinhamos imaginado, em contraponto ao seu consequente, o da reunião dos Bloggers Anónimos, que acabou por ter um desfecho diferente daquele por nós idealizado. Mas voltando ao Blogodependente: na altura em que o estávamos a escrever, pensámos que poderia ser um sketch 'arriscadinho', uma vez que parodia os bloggers, e a sua ânsia quase obsessiva de colocar online considerações acerca de tudo e mais alguma coisa. Nada contra; até, de certa forma, me incluo no pacote, assim entre o ao longe e o de raspão - comparado com bloggers do calibre de um Pacheco Pereira, por exemplo, sou um reles aprendiz da postagem em catadupa. Mas hão-de concordar que é matéria extremamente gozável. Chegámos à conclusão de que o pior que poderia acontecer era grande parte da blogosfera levar a coisa a peito e começar a dizer mal do programa. Por nós, tudo bem, eram as consequências daquilo que, para nós, à partida, nos parecia um sketch com piada. Mas depois lembrámo-nos de que grande parte da blogosfera já diz mal do Hora H, e portanto este sketch nem sequer ia mudar nada. Engraçado foi que o sketch até foi bem aceite, e acredito que muita da gente que está neste momento a ler isto se revê, salvo obviamente as devidas distâncias, no blogger compulsivo interpretado pelo César Mourão. A velha conversa de sabermos rir de nós próprios, e tal.

Curiosidade: o blog O Mundo Internacional do Planeta, estaminé que encontrei por ser um dos assinalados no YouTube como tendo postado este video, referiu aqui que, se isto fosse à americana, os blogs referidos nos sketches existiriam mesmo, e que foi uma falha grave termos deixado passar a oportunidade de criá-los para fazer com eles o que nos apetecesse. Oh meus amigos, não andamos aqui a dormir - fomos nós que criámos os blogs, ainda nem tinhamos acabado de escrever os sketches. Agora, em relação ao que fazer com eles, já é outra história. Não fazemos a mínima ideia, e, fizéssemos o que fizéssemos, nunca chegaríamos aos calcanhozes do HornyManatee.com, site que a equipa do Late Night teve de criar depois de Conan O'Brien o ter mencionado durante o programa (é que nos EUA há uma lei que diz caso um domínio web seja mencionado no ar, o canal tem de comprá-lo).
Bom, e era isto. Já desabafei, lol.
Links:
http://tu-matos.blogspot.com
http;//bloggersanonimos.blogspot.com

22 comentários:

Pedro disse...

Oh meus amigos, não andamos aqui a dormir - fomos nós que criámos os blogs, ainda nem tinhamos acabado de escrever os sketches. Agora, em relação ao que fazer com eles, já é outra história.

Uma ideia era terem colocado uns posts no dia em que o sketch foi para o ar, naqueles momentos em que o personagem abria o portátil.

opinion maker, disse...

_ É um sketch inofensivo. Não chega a ter uma "segunda ou subtil" intenção/menssagem. Apenas e como diz o FHF... um saber rir de nós próprios.

_ Quanto ao Hora H; creio que existe um certo desgaste no tipo de humor (texto + representação) que maioritariamente tem eco nas gerações que acompanharam a carreira do Herman José. Ou, simplesmente deixou de ter a frescura e interesse que têm as "novas vagas" de humor que se vão produzindo.

_ O que não se traduz em perda de qualidade.

opinion maker, disse...

_ Faz de conta, que no comentário anterior se escreveu... mensagem.

Silva disse...

Hmm, olá. Antes do mais estou chocado. Pensava que 95% dos meus visitantes só vinham à procura de jogadores de futebol nus, símbolos do Chelsea e da Ninfa Artémis, e depois iam-se embora. Afinal de contas, há quem os lê. A setinha do YouTube deve ser mesmo irresistível.

Anyway, o problema foi mesmo esse. Quando acabou o programa perguntei a alguém se tinha anotado os endereços. Existiam, mas... estavam vazios. Tivessem colocado pelo menos os dois posts mencionados no tu-matos e fazer um spoofzito light dos sites de associações semelhantes no bloggers-anónimos e tinha-me limitado a colocar o videos e a referir que "por curiosidade, os blogs existem mesmo". Agora vazios... Foi como quando a Freemantle registrou o ladyproblems.com (agora nas mãos de um cyber-squatter) para um episódio do The IT Crowd mas não fez nada com ele.

Mas ficam os parabéns por um bom sketch (o primeiro que me deu MESMO vontade de falar do programa, depois de estar a adiar desde o primeiro programa), principalmente na parte da entrevista. Teve foi esta falha, que dado o conceito do sketch considero, sim, grave.

(Se aparecer mais que um comentário, peço desculpa mas o captcha está particularmente mauzinho comigo hoje... ou se calhar sou eu que me tornei uma máquina de tanto ouvir a música respectiva dos Ultravox)

Capitão Radioactivo disse...

Se não te incomodares de eu dizer, a ideia da fazer um blog a partir de algo que foi dito no sketch ( tipo o HornyManatee.com ) é melhor que o próprio sketch em sí.
PS:Por favor tens de me deixar escrever uns posts num desses blogs.

Anónimo disse...

O sketch dos blogodependentes foi horrível. Brejeiro para ser franca.

OD disse...

lollll
eu curti o sketch

Mestre disse...

Muito Bom. Muito Bom.
"Isso merece um post."
Grande frase. Essa vai ficar na história da comédia portuguesa...
Abraço.

Filipe disse...

O que aconteceu foi que, assim que nos surgiu a ideia do sketch, e o nome dos blogs que iriamos usar, resolvemos registá-los para que ninguém o fizesse por nós depois do programa ir para o ar. Foi nesse sentido que disse que não andamos a dormir (e disse-o em tom galhofeiro). Mas não pensámos no que poderia ser feito com os blogs, porque nunca foi nossa intenção desenvolvê-los, ou criar, a partir do sketch, um qualquer happening online. O caso do Horny Manatee foi, como disse, bastante diferente. Aí foi o canal que se viu obrigado por lei a comprar o domínio, ao ponto de terem até mesmo pedido ao Conan O'Brien para que não voltasse a fazer uma daquelas. Claro que depois dos milhões de visitas que
o site teve após a equipa o ter transformado naquilo que é hoje talvez tenha mudado a maneira de pensar da estação. Se repararem, o Horny Manatee já tem publicidade a a programas da estação e já vende merchandising. Nós criámos os blogs sem segunda intenção, e já escrevemos os referidos sketches há algumas semanas (os sketches para o Hora H são escritos com alguma antecedência), por isso, quando o programa foi para o ar no último fim de semana, já nem nos lembrávamos da questão dos blogs. Se a ideia fosse desenvolver um qualquer cruzamento entre TV e web, a coisa teria sido feita de outra maneira, mas nunca foi essa a intenção. Agora, não é porque não era intenção que a coisa não se possa dar. Por exemplo, o capitão radioactivo, já manifestou vontade de lá colocar uns posts. Vamos que aparecem mais interssados? às tantas, justifica-se pensar em algo.

Diogo Stuart disse...

Sinceramente... gostei muito.
Parabéns com o sketch, ficou muito bom.
Podia ter sido aproveitado, dar uso a essa "ligação" entre a web e a tv, mas ninguém morre se não for feito.

Silva disse...

Bom, assim já faz algum sentido.

Tendo em conta que falei, agora ficava mal dizer "não, façam vocês". Se for preciso alguma coisa para o dos bloggers-anónimos, sou bem capaz de conseguir fazer alguma coisa.

pma disse...

É por estas e por outras que não me ponho a criar um blog. Já tenho o vício de os ler, como seria se tivesse um onde escrever?
Não saía do computador!
Claro que se de repente o bloggers anonimos ou o tu-tracinho-matos derem para por lá posts, terei de pensar melhor nisto...

Luis Rainha disse...

Uma graça educada, adocicada, assim-assim, como o resto do programa, quando está inspirado. O sketch com metade do tempo só ficaria a ganhar.

casimir_pulaski disse...

Olá Filipe...só uma ressalva. A história do HornyManatee.com(que eu acompanhei do inicio ao fim com uma paixão que só visto) não está bem contada. De facto o Conan atirou essa da lei que obriga o canal a comprar o dominio só para a história ficar um bocadinho mais bizarra e ter pano para mangas para criar uma nova personagem-culto do programa(ao nível de um Vomiting Kermit ou do S&M Lincoln).
De facto, a NBC comprou o dominio apenas porque não queria que algum engraçado o criasse primeiro e pudesse de alguma maneira tentar aproveitar-se das marcas "Late Night w/ Conan O'Brien" ou "NBC"(até porque, convenhamos, "horny" é uma palavra que pode dar muita chatisse!).
Isso está explicado em alguns sites e o proprio Conan confirmou-o quando há um par de semanas foi convidado do Tonight Show w/ Jay Leno.
Mas é uma pena...a história da lei era o plot que fazia o Horny Manatee ter aquela piada. Assim parece que não tem o mesmo sabor. É claro que para mim continua a ser uma saga incontornavel no programa do "Conando"

Abraço
Lídia

http://osnovospornografos.blogs.sapo.pt

Filipe disse...

Olá Lídia, obrigado pelo esclarecimento. De facto é pena, a história da lei dava-lhe outro toque. Não contes a ninguém, vamos deixar o mito continuar. Viva Conando!

Rafael Reinehr disse...

O sketch é genial justamente pela simplicidade. Pega no ponto certo. Quem é blogueiro sabe. Me fez rir bastante. Sem sua autorização, coloquei-o em meu blog e linkei para cá, para que saibam quem foi o autor. Logo logo o Brasil inteiro (dezenas de milhares de blogueiros) ficará a saber de sua criação.

Isso me dá uma saudade de Monty Python, os mestres dos sketches, quase todos agora disponíveis no YouTube!

Ph00k4 disse...

lol lol lol

Filipe disse...

Oi Rafael
Espectacular saber que o sketch está a ser tão apreciado além-mar. Obrigado pela divulgação.
Aquele abraço

Jorge disse...

Confesso que também eu sou um blogger anónimo.

Flávia Durante disse...

os dois sketches dos bloggers estão hilários! parabéns!!! passei mal de tanto rir!!!

os atores são ótimos também! quem são eles? não os conheço, sou do brasil!

Flávia Durante disse...

LOL LOL LOL!!!!!!!!!!!!!

Eliseu sb disse...

Demais, gostei muito do vídeo, acho que assisti umas 15 vezes. rsrsrs.

Parabéns