terça-feira, fevereiro 13, 2007

Now?

Fui hoje à loja da Vodafone no Vasco da Gama para adquirir um Sharp 903 que substituisse o que tenho actualmente, o 902, e que está mais morto que vivo. Desliga-se constantemente, bloqueia a meio das chamadas, mostra-se relutante em ligar-se de novo. Uma lástima. Mas não uma lástima tão grande como o que aconteceu a seguir na loja da Vodafone.

Já tinha o telemóvel novo comigo, e o cartão pronto a fazer o pagamento, quando a moça da loja, enquanto olhava para o monitor à sua frente, começou a dar estalinhos com a língua - tsk! É muito mau sinal quando a pessoa que nos atende começa a fazer tsk!, normalmente significa problemas para quem está a ser atendido. E foi o caso.

Passou-se que o modelo que eu queria levar não estava na base de dados. Tinham o telemóvel para venda - aliás, como aqui disse, eu já o tinha nas mãos - mas, como não constava da base de dados, não podiam facturá-lo. Logo, não podiam vendê-lo. Logo, eu não podia levá-lo.

O now, o agora, o , que serve de mote à Vodafone, transformou-se num volte daqui a meia hora a ver se o problema está resolvido. A ver. Portanto, era suposto eu esperar meia hora por uma resolução que o mais provável era não acontecer. Claro que, para a Vodafone, isto é uma gota microscópica no oceano de vendas que fazem diariamente, mas a verdade é que, por causa de uma trapalhada na base de dados, deixaram de vender hoje um telemóvel. Entretanto, cá estou eu com um telemóvel moribundo, que recebe chamadas quando lhe apetece, tira fotografias por favor, e bloqueia a seu bel-prazer quando as conversas não lhe agradam.

Tsk!

7 comentários:

saynomore disse...

então não ias comprar um iPhone?

Filipe disse...

O iPhone só sai depois do Verão, e o que tenho actualmente não resiste até lá. Aliás, já está morto, só funciona de vez em quando, graças ao equivalente tecnológio da respiração boca-a-boca e de choques de desfibrilador. A minha ideia era aguentar este até à saída do iPhone, mas é impossível. Só se deixasse de ter telemóvel durante uns largos meses, o que não era de todo desagradável, mas não pode ser. Quando sair o iPhone logo vejo o que faço, talvez tente vender o Sharp 903 - se a Vodafone entretanto mo conseguir vender! - para depois mudar para o portento da Apple.

Moralles disse...

já q "NOW" é "daqui a meia-hora" respondias "Até já"

;)

Olinda disse...

Mais valia a gaja dar-te o telemovel :D

janus disse...

se nao constava da base de dados era como se nao existisse na loja, podias ter saido com ele debaixo do braço sem pagar, ninguem podia dizer nada...

emot disse...

Em vez de ires a um agente autorizado no Vasco da Gama, deverias ter andando mais uns 50 metros e ido à Loja Vodafone, no edifício da Vodafone, onde não há filas de espera e terias já o telemóvel.
;)

Abraço!

Filipe disse...

"Até já"
Mt bom!